Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

BOLSONARO DIZ: “SEREI O CANDIDATO DA DIREITA A PRESIDENTE EM 2018″



Deputado federal mais votado no Rio de Janeiro, Jair Bolsonaro (PP) diz que será a candidato à Presidência em 2018 como “representante da direita”; “Sou de direita mesmo e não tenho vergonha de dizer. Vou disputar o Planalto. Se meu partido não me apoiar, mudo de legenda para concorrer”, afirma; ele defende a redução da maioridade penal, a flexibilização das leis trabalhistas, alterações no Bolsa Família, defesa de trabalhos forçados para presidiários.

Reeleito como o deputado federal mais votado no Rio de Janeiro, com 464 mil votos, o polêmico Jair Bolsonaro (PP), ex-capitão do Exército, diz que será a candidato à Presidência em 2018 como “representante da direita”. “Sou de direita mesmo e não tenho vergonha de dizer. Vou disputar o Planalto. Se meu partido não me apoiar, mudo de legenda para concorrer”, afirma.

Ele defende a redução da maioridade penal, a flexibilização das leis trabalhistas, alterações no Bolsa Família, defesa de trabalhos forçados para presidiários. Para ele, existe um claro eleitorado que não aprova o governo petista. É atrás desse eleitor que Bolsonaro vai partir. “A maioria dos eleitores que votou no Aécio Neves fez isso por ser antipetista. Inclusive, eu. Quero ser essa alternativa”, disse.
Bolsonaro diz ter muitas propostas para apresentar ao eleitorado brasileiro e minimiza as críticas.“Podem me chamar de maluco, de homofóbico. Mas eu tenho propostas. Se tivesse sido candidato, não teria dado sossego para a presidente Dilma nos debates e não darei para o Lula se ele for o candidato em 2018", afirma.


Neste link a entrevista na íntegra.

Fonte: Jornal 247

APÓS ANULAÇÃO DE DECRETO, PSOL APRESENTA PL 8.048/2014 SOBRE PARTICIPAÇÃO POPULAR

:


"Partidos que votaram contra o decreto sob o argumento de que feria as prerrogativas do Legislativo, agora eu acredito que deverão se manifestar favoráveis à participação da sociedade na elaboração dessas políticas", avaliou o líder da bancada, deputado Ivan Valente (SP); partido protocolou projeto de lei menos de 24h depois de o decreto da presidente Dilma sobre o tema ter sido derrubado pelos deputados Menos de 24 horas depois de a Câmara ter derrubado decreto presidencial que previa maior participação popular na elaboração de políticas públicas, a bancada do PSOL protolocou, na Secretaria geral da Mesa, projeto de lei com o mesmo objetivo.

O PL 8.048/2014 institui a Política Nacional de Participação Social (PNPS) e o Sistema Nacional de Participação Social (SNPS). O partido foi um dos quatro que votaram contra a anulação do projeto, que resultou na primeira derrota da presidente Dilma Rousseff após a reeleição.

"Com este projeto a participação popular ficará garantida. E partidos que votaram contra o decreto sob o argumento de que feria as prerrogativas do Legislativo, agora, eu acredito que deverão se manifestar favoráveis à participação da sociedade na elaboração dessas políticas", avaliou o líder do PSOL, deputado Ivan Valente (SP).

O PL 8.048 tem como base o decreto presidencial 8.242/2014, mas foram retirados os trechos que determinavam a coordenação pela Secretaria Geral da Presidência da República e acrescentados outros, como o que garante a paridade na organização de novos conselhos e o que determina que as conferências nacionais sejam realizadas a cada dois anos.

No texto apresentado pelo PSOL foi excluído o parágrafo 2º do artigo 5º que determinava que a Presidência da República elaboraria relatório de avaliação, mas manteve-se o parágrafo 1º, no qual órgãos e entidades da administração pública federal direta e indireta deverão elaborar relatórios de implementação da PNPS.

O artigo 7º do texto determina a elaboração de regimento interno, que especificará a coordenação e eleição dos representantes do SNPS – no decreto presidencial esta competência cabia à Presidência da República. O artigo 9º existente no decreto foi totalmente excluído do texto proposto pelo PSOL, já que criava comitê governamental de coordenação.


A paridade na organização de novos conselhos, com representantes eleitos ou indicados pela sociedade civil e de representantes do governo federal, foi garantida (artigo 9º). Também foi assegurada a realização, a cada dois anos, das conferências nacionais (artigo 11º).

Fonte: Jornal 247

IMPERDÍVEL: DANIEL NA PRAIA DO FORTE CABO FRIO 15/11 ÁS 22h

FOTO: ALVARO NEVES

CURSO GRATUITO OFERECIDOS PELA PREFEITURA COMEÇAM NA PRÓXIMA SEMANA



Capacitação profissional na área de turismo é promovida em parceria com o PRONATEC. Inscrições terminam nesta quinta-feira

A Prefeitura de Cabo Frio encerra nesta quinta-feira (30/10) as inscrições para dois cursos de capacitação profissional oferecidos à população de forma gratuita, através de uma parceria com o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC).

A Secretaria Municipal de Turismo está responsável pelas inscrições, já que os dois cursos (garçom e camareira em meios de hospedagem) são de qualificação profissional na área. Restam seis vagas no curso de garçom (em um total de 28) e quatro no de camareira em meios de hospedagem (em um total de 12 vagas).

 A carga horária dos cursos é de 252 horas para o de garçom e 200 horas para o de camareira, com duração aproximada de quatro meses. Para ambos os cursos, é necessário ter o ensino fundamental completo. A idade mínima para se inscrever é de 16 anos, para o curso de camareira; e 18 anos, para o de garçom.

As aulas começam na próxima semana. O curso de garçom tem início na segunda-feira (3/11) e o de camareira, na terça-feira (4/11).

Serviço
Documentos necessários:
Identidade cópia e original;
CPF cópia e original;
Titulo de eleitor cópia e original
Comprovante de residência cópia e original

Curso de garçom - 28 vagas
Requisitos: ensino fundamental completo, idade mínima 18 anos;
Início: 3/11/2014
Término previsto: 17/4/2015
Turno: manhã – 8 às 12h, às segundas, quartas e sextas-feiras
Local das aulas: Secretaria de Turismo – Av. Nossa Senhora da Assunção, s/n - Terminal de Transatlânticos – Passagem – telefone: (22) 2647-6227

Curso de Camareira em Meios de Hospedagem- 12 vagas
Requisitos: ensino fundamental completo, idade mínima 16 anos;
Início: 4/11/2014
Término previsto: 26/5/2015
Turno da tarde das 13 às 17h; terças e quintas-feiras
Local das Aulas: Unidade Senac - Cabo Frio – Avenida Teixeira e Souza 31, Centro – Telefone: (22) 2643-3282


Texto: Rosália Moreira.
Foto; Divulgação.

CADASTRO DO PROGRAMA "MINHA CASA MINHA VIDA" É PROLONGADO ATÉ JANEIRO



Inscrições, que iriam até 30 de novembro, foram prorrogadas por mais 60 dias

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Cabo Frio (SEMAS) comunica que o prazo de cadastramento no programa "Minha Casa Minha Vida" foi estendido. As inscrições, que iriam até o dia 30 de novembro, poderão ser feitas até 30 de janeiro de 2015.

A SEMAS lembra aos interessados em participar do programa que nesta sexta-feira (31/10), quando será comemorado o feriado do Dia do Servidor Público em Cabo Frio, não haverá atendimento. A secretaria volta a funcionar normalmente na segunda-feira (3/11), com os cadastros sendo feitos de 8h30 às 12h e das 13h às 16h30.

A Secretaria Municipal de Assistência Social fica localizada à Rua Florisbela Roza da Penha, 292, no Braga, em frente ao Fórum.


Texto: Glória Passos | Assessoria de Imprensa da Secretaria Municipal de Assistência Social

Imagem:  De divulgação

IMPERDIVEL!!!: EM POSTAGEM FUTURA VÍDEO COM A ENTREVISTA DO VEREADOR VINÍCIUS CORRÊA FALANDO SOBRE O PROJETO DO TRANSPORTE UNIVERSITÁRIO PARA O 2º DISTRITO E SUA PARTICIPAÇÃO NO REFERIDO PROJETO




O Blog Alvaro Neves "O Eterno Aprendiz", convida os amigos internautas para assistir em postagem futura, vídeo exclusivo contendo a entrevista do vereador Vinícius Corrêa. Falando sobre a sua participação na implementação do projeto dos ônibus destinados aos transportes gratuitos, para os universitários residentes no 2º Distrito de Tamoios.  Que estudam no 1º Distrito de Cabo Frio.  

PREFEITURA DE CABO FRIO NESTA QUINTA-FEIRA (30), REALIZA BAILE EM HOMENAGEM AOS SERVIDORES PÚBLICOS DO NOSSO MUNICÍPIO


Festa está marcada para quinta-feira, dia 30, no ginásio Alfredo Barreto

No dia 28 de outubro é celebrado o Dia do Servidor Público. Por conta disso, a Prefeitura de Cabo Frio prepara uma grande confraternização para homenagear os profissionais da administração municipal. Como acontece tradicionalmente, um baile está marcado para quinta-feira (30/10), a partir das 21h, no Ginásio Poliesportivo Alfredo Barreto. Todos os servidores públicos municipais estão convidados especiais para essa grande festa.

O acesso à festa será feito com a apresentação de um documento de identificação oficial do servidor e/ou de um contracheque atualizado. O baile será comandado pela banda carioca V-Trix, que fez grande sucesso na confraternização dos professores da rede municipal de ensino, na semana passada. Composta por músicos de extrema competência, a V-Trix alia um repertório preparado para agradar diversos gostos a performances e muita empolgação no palco.

Como sempre acontece nas festividades em homenagens aos servidores, haverá sorteio de brindes. O prêmio principal é um automóvel, mas também serão ofertados pacotes de viagens com direito a acompanhante para diversos destinos do país.

A Prefeitura informa ainda que o feriado do Dia do Servidor Público em Cabo Frio será observado na sexta-feira (31/10). Nesta data, funcionarão somente os serviços essenciais e os setores da administração municipal que funcionam em regime de plantão.


Texto: Redação da Secretaria Municipal de Comunicação de Cabo Frio.

Foto: Álvaro Neves 


quarta-feira, 29 de outubro de 2014

LEI ANTIDROGA QUE TORNA CLARO A DIFERENÇA ENTRE USUÁRIO E TRAFICANTE AVANÇA NO SENADO




A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira (29) o Projeto de Lei Complementar (PLC) 37/2013, que muda a Lei Antidrogas.


Um dos pontos principais da proposta torna clara a diferença entre usuário e traficante. Pelo texto, usuário é quem porta drogas em quantidade suficiente para consumir por até cinco dias. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ficará responsável por definir o volume da droga.



No texto, além de acatar sugestões de parlamentares, o relator da matéria, senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE) considerou sugestões dadas pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Uma delas foi levar em conta avanços no debate sobre a descriminalização do uso de drogas.


Em meio à polêmica discussão sobre o uso medicinal da maconha e aos apelos de dezenas de mães que têm conseguido progressos no tratamento dos filhos com o uso de medicamentos à base de canabidiol (substância encontrada na maconha), o relator inovou. 

Valadares permite a importação de derivados da maconha para uso medicinal. “Optamos por seguir a tendência que já vem sendo encampada pelo Judiciário, que é permitir a importação de canabinóides para uso medicinal, em casos específicos de certas doenças graves.”

A autorização da importação será dada a pacientes ou a seus representantes legais em caso de tratamento de doenças graves. A liberação, no entanto, ficará sujeita prescrição médica e  autorização da Anvisa.


Apesar de já ter sido aprovada na Câmara dos Deputados, a proposta ainda tem um longo caminho pela frente. Somente no Senado, o texto vai passar por mais quatro comissões: Educação, Cultura e Esporte; Assuntos Econômicos; Assuntos Sociais e Direitos Humanos.

Fonte: Agência Brasil 

PÓS-ELEIÇÃO, BANCO CENTRAL SOBE JUROS A 11,25% AO ANO



Pela primeira vez em seis meses, o Banco Central não alterou os juros básicos da economia; por 5 votos a 3, o Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu elevar a taxa Selic para 11,25% ao ano. A taxa está no maior nível desde novembro de 2011, quando estava em 11,5% ao ano; desde dezembro de 2011, a taxa passou a ser reduzida sucessivamente pelo Copom até atingir 7,25% ao ano em outubro de 2012, o menor patamar da história; a Selic foi mantida nesse nível até abril do ano passado, quando o Copom iniciou um novo ciclo de alta nos juros básicos para conter a inflação. Desde abril de 2014, a taxa está em 11% ao ano


Agência Brasil - Pela primeira vez em seis meses, o Banco Central (BC) não alterou os juros básicos da economia. Por 5 votos a 3, o Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu elevar a taxa Selic para 11,25% ao ano. A taxa está no maior nível desde novembro de 2011, quando estava em 11,5% ao ano.

Desde dezembro de 2011, a taxa passou a ser reduzida sucessivamente pelo Copom até atingir 7,25% ao ano em outubro de 2012, o menor patamar da história. A Selic foi mantida nesse nível até abril do ano passado, quando o Copom iniciou um novo ciclo de alta nos juros básicos para conter a inflação. Desde abril de 2014, a taxa está em 11% ao ano.

A taxa Selic é o principal instrumento do BC para manter a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), dentro da meta estabelecida pela equipe econômica. De acordo com o Conselho Monetário Nacional (CMN), a meta de inflação corresponde a 4,5% (centro da meta), com margem de tolerância de 2 pontos percentuais, podendo variar entre 2,5% (piso da meta) e 6,5% (teto da meta).

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o IPCA acumulado em 12 meses estava em 6,75% até setembro, acima do teto da meta. De acordo com o boletim Focus, pesquisa semanal com instituições financeiras divulgada pelo Banco Central, o IPCA deverá desacelerar nos próximos meses e encerrar 2014 em 6,45%.

Por outro lado, o aumento da taxa Selic prejudica o reaquecimento da economia, que cresceu 2,5% no ano passado e ainda está sob o efeito de estímulos do governo, como desonerações e crédito barato. De acordo com o Focus, os analistas econômicos projetam crescimento de apenas 0,27% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2014. Oficialmente, o governo prevê expansão de 0,9%.


A taxa é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve como referência para as demais taxas de juros da economia. Ao reajustá-la, o Banco Central contém o excesso de demanda, que se reflete no aumento de preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Ao reduzir os juros básicos, o Copom barateia o crédito e incentiva a produção e o consumo, mas alivia o controle sobre a inflação.

SENADO APROVA MP QUE DESONERA FOLHA DE PAGAMENTO



Plenário do Senado aprovou, nesta quarta (29), o Projeto de Lei de Conversão (PLV) 15/2014, decorrente da Medida Provisória (MP) 651/2014; a MP trata da desoneração da folha de pagamento de cerca de 60 setores da economia e da abertura de uma nova etapa do Refis da Crise – programa em que empresas e pessoas físicas podem parcelar seus débitos tributários

O Plenário do Senado aprovou, nesta quarta-feira (29), o Projeto de Lei de Conversão (PLV) 15/2014, decorrente da Medida Provisória (MP) 651/2014. A MP trata da desoneração da folha de pagamento de cerca de 60 setores da economia e da abertura de uma nova etapa do Refis da Crise – programa em que empresas e pessoas físicas podem parcelar seus débitos tributários. A medida foi aprovada pela Câmara dos Deputados no dia 14 e tinha validade até o dia 6 de novembro.

A partir do momento em que for publicada a lei resultante da medida provisória, os contribuintes terão mais 15 dias para se beneficiar das condições previstas no Programa de Recuperação Fiscal (Refis), como o parcelamento em 180 meses. Com o objetivo de estimular a adesão ao Refis, a MP afasta a fixação de honorários advocatícios e de verbas de sucumbência nas ações judiciais que forem extintas em decorrência da adesão do devedor ao parcelamento.

Outra novidade da MP é a possibilidade de o contribuinte utilizar crédito de prejuízos fiscais e de base de cálculo negativa da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) para fazer quitação antecipada de débitos parcelados pela Receita Federal ou pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. Para o senador Walter Pinheiro (PT-BA), trata-se de uma matéria importantíssima, pois “mexe na economia”. O senador Romero Jucá (PMDB-RR), que presidiu a comissão mista da MP, disse que o texto atende a diversos setores com desoneração e incrementa a economia nacional.

Parcelamento de dívidas

O senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) criticou uma emenda inserida na Câmara dos Deputados que prevê o parcelamento de dívidas públicas decorrentes de improbidade administrativa, inclusive com possibilidade de redução do valor devido. Preocupado com a questão, Aloysio pediu que o artigo fosse votado separadamente.

— Nós estaríamos facilitando a vida daquele que na vida pública agrediu a vida de todos os brasileiros — argumentou o senador.
Para o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), a emenda é um “elogio ao malfeito”. O senador José Pimentel (PT-CE), líder do governo, garantiu que o Executivo já deixou claro que esse artigo será vetado. O senador Wellington Dias (PT-PI) disse que não é razoável dar um benefício para quem cometeu crime com o dinheiro público. No entanto, declarou confiar no compromisso de veto. Na mesma linha, o senador Waldemir Moka (PMDB-MS) disse não concordar com o parcelamento, mas que votaria confiado na informação do veto e para não comprometer a MP.

— Ou nós votamos ou nós vamos perder o prazo da MP e prejudicar vários setores da economia — apontou Moka.

O senador Jucá lembrou que qualquer alteração no texto faria a MP voltar à Câmara dos Deputados, com o risco de a matéria perder a validade. Ele reafirmou o compromisso do governo em vetar a emenda. Levado à apreciação do Plenário, o item foi mantido e a matéria agora segue para a sanção da Presidência da República.

Fonte:  Agência Senado.

CABO FRIO COMEMORA 399 ANOS COM INAUGURAÇÃO DA ILUMINAÇÃO ARTISTICA E SHOW COMEMORATIVO

Exibindo forte1.jpg

Cantor Daniel se apresenta na Praia do Forte e Joanna e as Meninas Cantoras de Petrópolis em Tamoios

O Prefeito Alair Corrêa anunciou nesta quarta-feira (29/10) o calendário de eventos em comemoração aos 399 anos de Cabo Frio. Serão quatro dias de festa em uma edição diversificada que atende a todos os segmentos da sociedade. O destaque da festa ficará por conta do retorno do Desfile Cívico com palanque oficial na Av Litorânea e a inauguração da iluminação artística do Natal de Luz, que irá iluminar os principais pontos e ruas da cidade. Além destas realizações será apresentada aos moradores da cidade a comissão dos 400 anos da cidade, onde o grupo atuará planejando a grande festa que será em 2015 da sétima cidade mais antiga do Brasil.

Confira a programação:



12/11 (quarta-feira)
10h00 - Entrega das Subvenções para o carnaval temático dos 400 anos de Cabo Frio, no Auditório da Prefeitura
20h00 – Solenidade de entrega de Títulos de Cidadão Cabofriense, no Clube Tamoio

13/11 (quinta-feira)
08h30 – Missa Solene, na Igreja Matriz Auxiliar Nossa Senhora da Assunção
9h00 – Desfile Cívico, na Av. Litorânea
20h00 – Exposição Cabo Frio 400 anos, do fotógrafo Wolney, no C.A.V
20h00 – Culto e Show com o Ministério Livres para Adorar, na Praça de São Cristóvão

14/11 (sexta-feira)
19h30 - Apresentação de Ballet e trilha sonora dos fogos de artifício para o Réveillon 2015, no Teatro Municipal Inah de Azevedo Mureb com a apresentação da Comissão para a comemoração dos 400 anos da cidade
21h00 – Inauguração da iluminação artística do Natal de Luz
22h00 – Apresentação da Orquestra Sinfônica dos Fuzileiros Navais, no palco montado na Praia do Forte

15/11 (sábado)
22h00 – Show com o cantor Daniel, na Praia do Forte
Tamoios
20h00 - Inauguração da iluminação artística do Natal de Luz

22h00 - show com a cantora Joanna e as Meninas Cantoras de Petrópolis ao lado do Ginásio João Augusto.

CABO FRIO PARTICIAPA DA FEIRA INTERNACIONAL DE TURISMO DA AMERICA LATINA




Embaixada do Brasil na Argentina oferece todo o suporte para divulgar  Cabo Frio

Cabo Frio esteve presente durante uma semana na Bolsa de Negócios Turísticos (BNT), e na Feira Internacional de Turismo da América Latina, a FIT, no Chile e na Argentina.

Pela primeira vez em uma rodada de negócios, a experiência de participar da FIT, em Buenos Aires, para Cabo Frio só fortalece ainda mais a imagem da cidade como um excelente destino de viagem.

Com o slogan “Onde a beleza encontra sua emoção” profissionais da Secretaria Municipal de Turismo, SECTUR, deliciaram os agentes de viagem com as belezas naturais do município.
Durante o evento a representante da Embaixada do Brasil na Argentina Raquel Mônica Silva, visitou o stand de Cabo Frio e ofereceu todo suporte para divulgação da cidade, já que a procura pela Região dos Lagos pelos argentinos é grande.

- Eu conheço bem a região, a beleza de Cabo Frio. Reconheço o valor desta região para o turismo brasileiro. Acredito que um trabalho conjunto entre as cidades de Cabo Frio, Arraial do Cabo e Búzios pode fortalecer o turismo já que estas cidades têm características diferentes, mas que podem se complementar. Existe uma grande busca pela região pelos argentinos, disse Raquel Mônica Silva.

O superintendente de turismo de Cabo Frio, Milton Roberto, adorou a oportunidade oferecida pela Embaixada do Brasil na Argentina.
- Vamos disponibilizar todo tipo de material turístico de nossa cidade pra ficarem expostos na sede da embaixada, - declarou Milton Roberto, explicando que a Feira é uma vitrine para o Mercosul, o que auxilia na busca de uma demanda qualificada.

Texto: Aretuza Maia.

Foto: divulgação SECTUR.

VEM AI A SEGUNDA EDIÇÃO DO CONCURSO DE BELEZA DA MELHOR IDADE EM TAMOIOS




O evento, que foi sucesso no ano passado, agora inclui também os homens na disputa pelo título

A segunda edição do concurso de beleza Miss Idosa e Mister Idoso de Tamoios já tem data marcada. O evento acontece no dia 22 de novembro, com entrada gratuita, no Ginásio Poliesportivo João Augusto, a partir das 19h. Realizado pela Prefeitura de Cabo Frio, com a organização do Núcleo da Melhor Idade da Subprefeitura de Tamoios, e com o apoio da COMSERCAF, o evento tem uma novidade para este ano: os homens também poderão participar.

A vencedora do concurso de beleza para idosas em Tamoios em 2013, Edilsa Rodrigues, foi escolhida para protagonizar a campanha de divulgação do evento. O concurso terá abertura com show musical. Durante o evento, serão realizadas  apresentações de dança pelos idosos participantes dos projetos desenvolvidos pela Superintendência do Idoso de Tamoios. Barracas com artesanato serão montadas no entorno do ginásio e a organização promete também sorteio de brindes para os idosos que estiverem presentes no ginásio.

Todos os participantes receberão um certificado, sendo que os primeiros colocados receberão faixa, coroa e buquê de rosas.

Segundo o superintendente do núcleo do Idoso em Tamoios, Wanderson do Samburá, a realização do concurso sempre possuiu como objetivo principal, aumentar a autoestima das idosas e idosos integrantes do núcleo, tendo em vista que verdadeiramente a beleza não tem idade, alem de promover a interação social.

As inscrições já estão abertas e os interessados devem se dirigir à sede da Superintendência do Idoso de Tamoios, de segunda a sexta-feira das 8h às 17h, na Rodovia Amaral Peixoto Km 133 nº 04, lado praia, em Unamar, apresentando xerox de identidade, CPF, comprovante de residência e uma foto 3x4.

Texto: Katyuscia Chaparral 

Fotos: Eliethon Dias. 

FEIRA DE PROFISSÕES INICIA NESTA QUINTA-FEIRA: "ESTUDANTES DO ENSINOS MÉDIO DA REGIÃO DOS LAGOS TEM A OPORTUNIDADE DE CONHECER MELHOR DIFERENTES CARREIRAS"



Estudantes do Ensino Médio da Região dos Lagos tem a oportunidade de conhecer melhor diferentes carreiras

Nesta quinta e sexta-feira, dias 30 e 31 de outubro, estudantes do Ensino Médio de toda a Região dos Lagos tem a oportunidade de fazer uma imersão no universo acadêmico, durante a Feira de Profissões da Universidade Veiga de Almeida (UVA), que será realizada no campus Cabo Frio, das 9h às 17h. Aberta à comunidade em geral, a mostra apresenta profissões nas áreas da saúde, humanas e exatas, promove um bate-papo com professores e futuros profissionais, além de atividades práticas e visita aos laboratórios.

Mais de 2 mil alunos de escolas públicas e particulares de diversas cidades da Região dos Lagos confirmaram presença. Durante o evento, será oferecido o teste de orientação profissional e, para os estudantes que já decidiram a carreira que seguirão, será possível fazer a prova do vestibular, composta de 20 questões objetivas de conhecimentos gerais e redação. Para fazer a prova, o interessado deve apresentar um documento de identificação com foto.

“A Feira oferece um degustar das carreiras acadêmicas, apresentando as atividades exercidas por cada uma e todas as possibilidades que os profissionais podem desempenhar”, destaca a coordenadora do projeto, professora Eulalia de Farias, acrescentando que o estudante terá a oportunidade de visualizar, em um único espaço, todas as áreas do conhecimento.

Vivenciando
A Feira de Profissões fecha o ciclo de atividades realizadas pelo Vivenciando, que promove a integração entre a UVA e escolas de Ensino Médio, oferecendo uma série de atividades de orientação profissional aos estudantes, entre elas o teste vocacional. O Vivenciando também realiza palestras de utilidade pública na área da saúde. No primeiro semestre de 2014, o Vivenciando atendeu cerca de 20 escolas públicas e particulares, aplicando mais de 700 testes vocacionais. As escolas também receberam palestras e conheceram o campus da Universidade.



Att,


Andréa Luiza Collet
Relações Institucionais / Campus Cabo Frio

UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA REALIZA A 6ª EDIÇÃO DA SEMANA DE COMUNICAÇÃO




A convergência das tecnologias digitais mudou a forma de produzir e difundir conteúdo, trazendo novos desafios aos profissionais da área de Comunicação. Pensando nisso, a Semana de Comunicação (SECOM) da Universidade Veiga de Almeida (UVA), campus Cabo Frio, traz como tema “Conteúdo multimídia: O digital no cenário contemporâneo”. O evento acontece nos dias 5, 6 e 7 de novembro, com o objetivo de promover a reflexão e o debate entre profissionais, professores e alunos de Comunicação Social, além do público em geral que tenha interesse pela área da comunicação.

Durante a SECOM, palestras serão oferecidas entre 19h às 22h, aos participantes com foco no tema proposto. Cada dia abordará um tema central: No dia 5 de novembro o debate será sobre os desafios profissionais da comunicação no mercado de conteúdo multimídia; No dia 6, a multimídia e a expansão do jornalismo colaborativo e alternativo estará em foco; No último dia de evento, dia 7, o contexto será multimídia e o mercado da publicidade digital.

O evento também promoverá oficinas, no período da tarde, para o aperfeiçoamento dos estudantes, além da ExpoSecom, com apresentação de Dj, exposições de trabalhos culturais e acadêmicos. A 6aedição da Semana de Comunicação acontece no Campus Cabo Frio da Universidade Veiga de Almeida, na Estrada Perynas, s/n, Cabo Frio. A entrada é gratuita.

PROGRAMAÇÃO

Quarta-feira, dia 5 de novembro
ExpoSecom - Manhã - 10h às 10h30
Produção de Caricatura - Átila Jorge
Noite - 20h15 às 20h45
Apresentação de "Batalha de Rap" - Grupo 'Varanda de Rap'
Apresentação e Exposição de Grafite - Grupo Tá na Rua
Produção de Caricatura - Átila Jorge
Oficinas - Tarde - 14h às 18h
Palestras - Noite - 19h às 22h
Tema: 'Os desafios profissionais da comunicação no mercado de conteúdo multimídia'
Palestrantes:
Nelson Freitas - Produtor Cultural;
Norma da Matta - Autora e idealizadora do blog 'AposenteiAgora';
Tatiana Ribeiro - Assessora de Imprensa.

Quinta-feira, dia 6 de novembro
ExpoSecom - Manhã - 10h às 10h30
Apresentação de Esquete 'Ainda não vó' - Rodrigo Rodrigues
Noite - 20h15 às 20h45
Apresentação de Esquete 'Injúrias de um esperma' - Rodrigo Rodrigues
Apresentação de Esquete 'O que seria dos filhos sem as mães' - Grupo Oficena
Oficinas - Tarde - 14h às 18
Palestras - Noite - 19h às 22h
 Tema: 'A multimídia e a expansão do jornalismo colaborativo e alternativo'
Palestrantes:
Ricardo Mello - Fotografo e documentarista;
Thiago Dias - Repórter do Globoesporte.com;
Tomás Baggio - Assessor de Comunicação.

Sexta-feira, dia 7 de novembro
ExpoSecom - Manhã - 10h às 10h30
Apresentação de Dança - Cia de Corpo e Alma
Noite - 20h15 às 20h45
Show Voz e Violão - Ivan Alves
Apresentação de Dança - Cia de Corpo e Alma
Oficinas - Tarde - 14h às 18h
Palestras - Noite - 19h às 22h
Tema: 'Multimídia e o mercado da publicidade digital'
Palestrantes:
Victor Lymberopoulos - Publicitário;
Gabriel Burgos - Coordenador de mídias sociais da agência Kindle - RJ;
Pedro Amorim - Comunicólogo e diretor da Estação Indoor;
Fernando Octavio - Supervisor de planejamento na FCB Brasil;


Local: Campus Cabo Frio da Universidade Veiga de Almeida, na Estrada Perynas, Cabo Frio.

Att,

Andréa Luiza Collet
Relações Institucionais / Campus Cabo Frio

ARMAS SÃO ROUBADAS NO BATALHÃO DE CHOQUE DA PM



Dezenas de armas da Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro desapareceram da reserva de armamento do Centro de Manutenção de Materiais, unidade que funciona dentro do Batalhão de Choque, no centro da capital fluminense; a assessoria da PM informou que policiais encontraram a reserva de armamento aberta e após conferirem as armas, constataram a falta de 23 pistolas ponto 40 da corporação, sem carregadores e munição, além de cinco armas pessoais de policias que estavam em serviço.


Dezenas de armas da Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro desapareceram da reserva de armamento do Centro de Manutenção de Materiais, unidade que funciona dentro do Batalhão de Choque, no centro da capital fluminense.

A assessoria da PM informou que, por volta das 6h desta quarta-feira (29), policiais encontraram a reserva de armamento aberta e após conferirem as armas, constataram a falta de 23 pistolas ponto 40 da corporação, sem carregadores e munição, além de cinco armas pessoais de policias que estavam em serviço.


A área foi isolada e a equipe que estava de serviço permanece presa administrativamente. Todos estão sendo ouvidos. Ainda segundo a assessoria da corporação, a perícia está em andamento e todo o material contado. Equipes do Centro de Criminalística da Polícia Militar e da 1ª Delegacia de Polícia Militar Judiciária estão no local para identificar a autoria e localizar o armamento.

CÂMARA DOS DEPUTADOS DERRUBA CONSELHOS DE PARTICIPAÇÃO POPULAR E IMPÕE PRIMEIRA DERROTA A PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF NO PÓS REELEIÇÃO





 (Reuters) - A Câmara dos Deputados derrubou na noite de terça-feira um decreto do Executivo estabelecendo que órgãos da administração pública teriam de levar em conta instâncias e mecanismos de participação social, como conselhos populares, impondo a primeira derrota à presidente Dilma Rousseff no Congresso após a reeleição.

A oposição contou com o apoio de partidos da base aliada do governo, como PMDB e PP, para derrubar o decreto editado por Dilma que instituía a Política Nacional de Participação Social, informou a Agência Câmara Notícias.

Parlamentares que votaram a favor do projeto do líder do DEM, Mendonça Filho (PE), contra os conselhos populares alegaram que a norma invade as prerrogativas do Congresso. A oposição chegou a ameaçar obstruir qualquer outra votação na Câmara até que a proposta que suspende os efeitos do decreto fosse votada.

A base do governo, segundo o qual o decreto amplia a participação popular e em nada fere a Constituição, tentou obstruir a votação na noite passada por meio de manobras regimentais, com apresentação de requerimentos, mas não conseguiu evitar que a votação fosse realizada.

Um dos pontos de desagrado aos parlamentares que se opuseram ao decreto é o poder dado ao secretário-geral da Presidência de indicar os integrantes das instâncias e definir a forma de participação.

A derrubada do decreto representa uma derrota para Dilma na primeira votação importante no Congresso após a eleição de domingo, em que derrotou o candidato do PSDB, Aécio Neves, com o placar mais apertado de uma eleição presidencial desde a redemocratização.


(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro; Reportagem adicional de Maria Carolina Marcello, em Brasília)

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL (STF) RETOMA HOJE (29) O JULGAMENTO DESAPOSENTAÇÃO



O Supremo Tribunal Federal (STF) deve retomar hoje (29) o julgamento sobre a possibilidade de o aposentado pedir a revisão do benefício por ter voltado a trabalhar e a contribuir para a Previdência Social. A mudança é conhecida como desaposentação. O julgamento foi interrompido no início deste mês após o voto do ministro Luís Roberto Barroso, relator dos processos que tratam do assunto. Faltam os votos de nove ministros.

De acordo com Barroso, o aposentado tem o direito de ter o benefício revisado, porque voltou a contribuir para a Previdência como um trabalhador que não se aposentou. Ao reconhecer a desaposentação, o ministro entendeu que o pedido de revisão deverá levar em conta o tempo e o valor de todo o período de contribuição, englobando a fase anterior e posterior da primeira aposentadoria.

Em contrapartida, a idade do contribuinte e sua expectativa de vida serão contadas de acordo com o primeiro benefício, a menos que o aposentado decida devolver o valor que já recebeu. A aposentadoria é calculada de acordo com a média da contribuição. O valor é multiplicado pelo fator previdenciário, cálculo que leva em conta o tempo e valor da contribuição, a idade e expectativa de vida.

Durante o julgamento, o advogado-geral da União (AGU), Luís Inácio Adams, defendeu a ilegalidade da desaposentação. Segundo Adams, a Previdência é baseada no modelo de solidariedade, no qual todos contribuem para sustentar o sistema, não cabendo regras particulares para o aposentado que pretende revisar o benefício. Caso a decisão seja a favor dos aposentados, o impacto nas contas da Previdência Social é estimado em R$ 50 bilhões.


Os ministros julgam recurso de um aposentado que pediu ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a interrupção do pagamento da atual aposentadoria por tempo de serviço e a concessão de um novo benefício por tempo de contribuição, com base nos pagamentos que voltou a fazer quando retornou ao trabalho.

Fonte: Agência Brasil.

LULA PROMETE ATUAR MAIS NO GOVERNO E VOLTAR EM 2018



A interlocutores, ex-presidente Lula teria dito que quer atuar de forma mais efetiva no segundo mandato de Dilma Rousseff para evitar novos desgastes do governo com a base aliada, de olho em sua candidatura em 2018; pretende também corrigir o distanciamento dos movimentos sociais, a falta de diálogo com empresários e o excesso de centralização nas ações; em entrevista nesta terça (28), Dilma disse que "o que o Lula quiser ser, eu apoiarei"

Desde a vitória da presidente Dilma Rousseff neste domingo, o ex-presidente Lula não esconde mais seu desejo de voltar ao poder em 2018. A ideia foi publicamente defendida pelo presidente do PT, Rui Falcão, e pelo ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante.

Ele teria dito a aliados que pretende atuar de forma mais efetiva no segundo mandato de Dilma Rousseff para evitar maiores desgastes do governo com a base aliada, como tem ocorrido nos últimos anos. Busca também corrigir o distanciamento dos movimentos sociais, o afastamento com empresários e o excesso de centralização nas ações.

Lula afirma que quer ser mais ouvido quando em situações de crise e dificuldades com o Congresso. Em entrevista nesta terça (28) ao SBT, Dilma disse que "o que o Lula quiser ser, eu apoiarei".


Leia aqui reportagem de Natuza Nery sobre o assunto.

Fonte: 247

O SENADOR ALOYSIO (PSDB-SP) QUE FOI VICE-PRESIDENTE DO CANDIDATO AÉCIO NEVES NÃO ACEITA DIÁLOGO COM DILMA NEM DARÁ “TRÉGUA”



O senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) fez um desabafo, nesta terça-feira (28), em relação a calúnias e mentiras a seu respeito que teriam sido divulgadas no que chamou de "rede social petista". Ele foi candidato a vice-presidente na chapa do também senador Aécio Neves (PSDB-MG).

Durante votação da Medida Provisória 650/2014, que reestruturou carreiras da Polícia Federal, o senador afirmou que a rede petista o chamou de homofóbico e traficante de drogas e o acusou de ter sido contra propostas importantes, como a instalação da Comissão da Verdade, a PEC do Trabalho Escravo e a própria MP 650.

- Eu quero aqui fazer esse desabafo perante o Senado Federal que me conhece. Como é possível descer tão baixo na calúnia, na infâmia? Transformar as redes sociais em um esgoto para destruir adversários – protestou.

Aloysio disse que a presidente Dilma Rousseff, reeleita no domingo, sabia sobre os ataques contra ele e o PSDB nas redes sociais. Ele acrescentou que pessoas que com esse tipo de conduta não têm autoridade moral para pedir diálogo com ninguém. Em seu primeiro discurso depois da confirmação da reeleição, Dilma se disse disposta a abrir um espaço de diálogo com todos os setores da sociedade.

- Fui pessoalmente agredido por canalhas escondidos nas redes sociais a serviço de uma candidatura – lamentou.

Segundo ele, "quem faz isso não tem autoridade moral para pedir diálogo. Comigo, não. Estende uma mão e, com a outra, tem um punhal para ser cravado nas costas".

Ontem, usando um discurso black bloc, ele já avisou que a presidente Dilma "não tem direito à lua de mel" e que "não tem por que diminuir a intensidade da oposição".
Defesa

O líder do PT, senador Humberto Costa (PE), afirmou que nem seu partido nem Dilma estimularam ou patrocinaram qualquer tipo de agressão ou divulgação de notícias falsas por meio das redes sociais.

Humberto destacou que inverdades que circularam nas redes sociais devem ser atribuídas a indivíduos que utilizam inadequadamente a internet e não a um partido. Ele pediu uma lei que permita à Polícia Federal retirar de circulação, o mais rápido possível, mentiras ou agressões postadas nas redes sociais.

- Quem faz isso é gente criminosa, é gente que precisa ser identificada, processada e punida – disse Humberto.
Apoio

A senadora Ana Amélia (PP-RS) manifestou solidariedade com Aloysio Nunes e acrescentou que muitas pessoas tombaram devido à campanha suja e inadequada. Segundo ela, é preciso por uma trava nessa "forma criminosa de tratar os adversários".

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) disse ter sido informado por especialistas em informática que o departamento especializado em crimes cibernéticos da Polícia Federal poderá detectar a origem das ofensas a Aloysio.

Os senadores Lúcia Vânia (PSDB-GO), Vital do Rêgo (PMDB-PB), Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), Casildo Maldaner (PMDB-SC), Eduardo Suplicy (PT-SP) e o presidente do Senado, Renan Calheiros, também se solidarizaram com Aloysio Nunes e elogiaram a atuação do parlamentar.

- O Brasil conhece e admira o senador Aloysio Nunes Ferreira e nós, senadores, muito mais porque o respeitamos aqui no dia a dia do Senado Federal – disse Renan.


Fonte: Agência do Senado. 

terça-feira, 28 de outubro de 2014

BARACK OBAMA DIZ: REELEIÇÃO DE DILMA ROUSSEFF DEMONSTRA SOLIDEZ DA DEMOCRÁCIA NO PAÍS




O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, cumprimentou hoje (28) a presidenta Dilma Rousseff pela reeleição. Na ligação, Obama disse que o pleito demonstrou “a solidez da democracia brasileira” e que pretende continuar a trabalhar com a mandatária brasileira, com quem espera encontrar-se por ocasião da reunião do G20, na Austrália, nos dias 15 e 16 de novembro. As informações são da Secretaria de Imprensa da Presidência da República. A conversa durou dez minutos.

Por telefone, Obama diz a Dilma que equipes dos dois países devem preparar a visita da presidenta aos Estados UnidosRoberto Stuckert/Presidencia da República

Obama disse que valoriza a parceria bilateral com o Brasil e vê grandes oportunidades de cooperação nas áreas econômico-financeira e de energia. O presidente dos Estados Unidos sugeriu que equipes dos dois países "trabalhem os mecanismos existentes para definir a agenda para 2015, estabelecendo as bases para preparação da visita de Estado da presidenta brasileira aos EUA em momento oportuno".

No ano passado, Dilma cancelou uma visita de Estado ao país após as denúncias de espionagem da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA) contra pessoas do governo, incluindo ela própria e empresas estatais, feitas pelo ex-consultor de informática do órgão Edward Snowden. Obama observou que recebeu impressões muito positivas de seu vice, Joe Biden, sobre a reunião que manteve com a presidenta Dilma durante a visita feita ao Brasil, na Copa do Mundo.

De acordo com sua assessoria, a presidenta agradeceu os cumprimentos do colega e disse que a eleição foi importante para o Brasil e para a região. Ela ressaltou ter todo interesse em estreitar laços com os Estados Unidos e que terá satisfação em encontrá-lo na reunião do G20. Dilma também concordou com a importância do trabalho bilateral para preparar uma visita de Estado ao país.


Além de Obama, Dilma recebeu o telefonema, hoje, do presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, que também a cumprimentou pela reeleição e desejou-lhe êxito no novo governo. Dilma, em uma conversa de cinco minutos, agradeceu e disse que, no segundo mandato, manterá como alta prioridade as relações com a África. Ela acrescentou que seguirá com o apoio para a consolidação da democracia e o desenvolvimento econômico e social da Guiné-Bissau.

Fonte: Agência Brasil 

NA QUARTA ENTREVISTA CONCEDIDA A IMPRESA APÓS A REELEIÇÃO, ESPECIFICAMENTE AO SBT, DILMA AFIRMA: "COMO SETOR ECONÔMICO, MÍDIA PRECISA DE REGULARIZAÇÃO"



Na quarta entrevista que concedeu à imprensa brasileira após a reeleição, a presidente Dilma Rousseff disse, nesta terça (28), no SBT, que não irá regulamentar a mídia "no sentido de interferir na liberdade de expressão", mas defendeu uma regulação do setor. 

"Sou de uma época que vivi sob a ditadura e sei o valor da liberdade. Mas como setor econômico, porque a mídia não é só setor cultural, vamos discutir uma regulação, mas antes de fazer vamos discutir muito", afirmou; ela também comentou a capa da revista Veja, divulgada quatro dias antes das eleições que a acusava de saber tudo o que ocorria no esquema de corrupção dentro da Petrobras; "Eu mesma fui vítima de um vazamento seletivo estranhíssimo no últimos dias da minha campanha", disse:

Na quarta entrevista que concedeu à imprensa brasileira após a reeleição, a presidente Dilma Rousseff defendeu, nesta terça-feira (28), no SBT, que se acabe com a impunidade no país e comentou a capa da revista Veja, divulgada quatro dias antes das eleições que acusava de saber tudo o que ocorria no esquema de corrupção dentro da Petrobras.

"Vários processos desenvolvidos no Brasil, objeto de CPI, no final, acabam em pizza. O corrupto e o corruptor não são punidos. Se mantem a impunidade, você está sancionando a corrupção. Quero investigação total, doa a quem doer. Quero que a população saiba de tudo. Para que não haja essa delação seletiva. Eu mesma fui vítima de um vazamento seletivo estranhíssimo no últimos dias da minha campanha", disse.

Ela também falou sobre a regulamentação da mídia, bandeira defendida pelo PT. "Não vou regulamentar a mídia no sentido de interferir na liberdade de expressão. Sou de uma época que vivi sob a ditadura e sei o valor da liberdade. Mas como setor econômico, porque a mídia não é só setor cultural, vamos discutir uma regulação, mas antes de fazer vamos discutir muito", afirmou. Ela defendeu ainda a regulamentação do direito de resposta. 

A presidente também afirmou que não permitirá indicações políticas na Petrobras. "No meu primeiro mandato foi assim: a direção da Petrobras a partir do dia que fiz todas as mudanças no início do meu governo, em 2011, quando saiu todos os diretores, eu passei a não deixar indicação política na empresa. No novo governo vai continuar assim", ressaltou. 

Economia:

Ela disse que tem desenvolvido um bom diálogo com todo o setor industrial e disse que sempre conversou com o setor financeiro. "Quero saber deles o que eles pensam sobre a economia agora", afirmou. 

Reforma política:

Sobre a reforma política, ela disse que está "aberta ao diálogo com todos os setores", inclusive com Aécio Neves e Marina Silva e poderá chamá-los para uma conversa. "Depois do processo eleitoral, um governo e uma presidenta reeleita devem ter disposição e abertura para dialogar. É preciso criar pontes", afirmou

Criminalização da homofobia:


Sobre os crimes praticados contra homossexuais, a presidente disse que dará "total apoio" à criminalização da homofobia. "É uma medida civilizatória. O Brasil tem que ser contra a violência que vitima a mulher, a violência aberta ou escondida que fere os negros e também tem que ser contra a homofobia, que de fato é uma barbárie", ressaltou.

Fonte: Jornal 247