Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 7 de julho de 2015

PARA EX-PRESIDENTE DO STF CARLOS AYRES BRITTO, 'NÃO HÁ PERIGO DE GOLPE CONTRA A PRESIDENTE DILMA'




"Ninguém está blindado contra qualquer tipo de investigação. Eu não vejo perigo de golpe se as instituições controladoras do poder, o Ministério Público, a própria cidadania, o TCU, se todas essas instituições atuarem nos limites da Constituição, não há que se falar em golpe", disse o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral Carlos Ayres Britto, em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura; em referência às apurações do TCU (Tribunal de Contas da União), sobre as pedalas fiscais, e do TSE, em ação movida pelo PSDB por crime na campanha, ele diz que, "pelo andar da carruagem, a situação não está boa em nenhuma das duas instâncias" para a presidente.


Fonte: Jornal 247

Em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral Carlos Ayres Britto afirmou nesta segunda-feira, 6, não ver “perigo de golpe” contra a presidente Dilma Rousseff:

"Ninguém está blindado contra qualquer tipo de investigação. Eu não vejo perigo de golpe se as instituições controladoras do poder, o Ministério Público, a própria cidadania, o TCU, se todas essas instituições atuarem nos limites da Constituição, não há que se falar em golpe", disse.

Em referência às apurações do TCU (Tribunal de Contas da União), sobre as pedalas fiscais, e do TSE, em ação movida pelo PSDB por crime na campanha, ele diz que a situação de Dilma "não está boa": "Pelo andar da carruagem, a situação não está boa em nenhuma das duas instâncias".

CAFÉ COM IDEIAS EVENTO QUE ACONTECE NA PRÓXIMA QUINTA-FEIRA (09) VAI DISCUTIR "ASSOCIATIVISMO"


– Você sabe o que é “Associativismo”? Já ouviu falar sobre isso? 

Uma rápida pesquisa no dicionário revela que associativismo é uma tendência ou movimento de determinados grupos se congregarem em associações representativas (órgãos de classe, sindicatos etc.) para a defesa de seus interesses. Mas, na prática, associativismo é muito mais do que isso, podendo gerar grandes benefícios para toda a sociedade.

Por isso este será o tema do III Café com Ideias, evento que acontece nesta quinta-feira (dia 9), a partir das 8 horas, no shopping Juliana Campanatti, no bairro Jardim Esperança, em Cabo Frio. Realizado pela Associação Comercial, Industrial e Turística de Cabo Frio (Acia), o evento tem apoio do Sebrae e patrocínio da Madeireira Ita, Farmácia Aromas do Vale, Ramires Contabilidade, Pousada Dom Fernandes e Previu Consultoria.

Podem participar do evento empresários associados e não associados da Acia Cabo Frio. Para isso, basta se inscrever no dia e local do evento, das 8 às 8h30. A inscrição é gratuita. A palestra será proferida ela consultora do Sebrae, Alcione Vilamil Paes Guimarães, graduada em Pedagogia com licenciatura em Administração Escolar e Magistério, pós graduada em Reengenharia e Gestão de Recursos Humanos; mestre em Ensino de Ciências da Saúde e Meio Ambiente; especialista em Gestão da Educação Pública e Gestão de Pessoas. Ao todo são esperados cerca de 80 empresários dos mais diversos setores e segmentos do grande Jardim Esperança e bairros adjacentes.

Att,

CRISTIANE ZOTICH
Assessora de Imprensa Acia

TRABALHADORES VAMOS FICAR ATENTOS!!! CÂMARA DOS DEPUTADOS DISCUTE NOVA REMUNERAÇÃO DAS CONTAS (FGTS)



A Comissão de Desenvolvimento Urbano discute nesta terça-feira (7) uma proposta que muda a remuneração do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Hoje, a correção do FGTS é feita com base na taxa referencial, a TR, em torno de 0,1% ao mês, mais juros de 3% ao ano.

Fonte: Portal de Noticia da Câmara dos Deputados/Foto: Luiz Macedo.

O Projeto de Lei 1358/15 prevê que os depósitos efetuados a partir de 1º de janeiro de 2016 serão corrigidos pelo mesmo cálculo aplicado às cadernetas de poupança. Quando taxa básica de juros da economia, a taxa Selic, for superior a 8,5% o reajuste será pela TR mais 0,5% ao mês. Quando os juros forem inferiores a 8,5%, a correção será da TR acrescida de 70% da taxa Selic. Atualmente essa taxa está em 13,75%.

O PL 1358/15 tramita apensado a outros 15 projetos, entre eles o PL 4566/08, que determina que a remuneração do FGTS não seja inferior à inflação medida pelo INPC. As propostas podem ser votadas nesta semana pelo Plenário da Câmara.

Projeto que muda a remuneração do FGTS está na pauta do Plenário

Foram convidados para discutir o assunto: 
- o secretário-executivo do conselho curador do FGTS, Quênio Cerqueira de França;
- o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Jose Carlos Rodrigues Martins; 
- a secretária Nacional de Habitação, Inês Magalhães; e
- a presidente da Caixa Econômica Federal (instituição que administra o FGTS), Miriam Belchior.

O debate, proposto pelo deputado Carlos Marun (PMDB-MS), será realizado no plenário 16 a partir das 14h30.


ASSEMBLEIA APROVA GREVE NO INSS A PARTIR DESTA TERÇA-FEIRA(07/07) E NA SAÚDE FEDERAL A PARTIR DE 13 DE JULHO 2015




Assembleia da seguridade e seguro social desta segunda-feira (6/07), que aprovou greve por tempo indeterminado no INSS, a partir desta terça (7/07), e greve na saúde federal a partir do dia 13/07.


Foto: Fernando França



Da Redação do Sindsprev/RJ
Por André Pelliccione

Assembleia dos setores federais da seguridade e do seguro social realizada nesta segunda-feira (6/07), no auditório do Sindsprev/RJ, aprovou a realização de greve por tempo indeterminado no INSS, a partir desta terça (7/07), conforme indicativo da Fenasps (Federação Nacional). Nesta terça-feira, 7/07, às 16h, no Sindsprev/RJ (rua Joaquim Silva, 98, Lapa), acontece a primeira reunião do comando de greve do INSS, que terá assembléia específica na sexta-feira (10/07), às 16h, no Sinsprev/RJ, quando os servidores do Instituto vão avaliar o movimento. A greve do INSS no Rio acompanha deliberação da plenária nacional da Fenasps realizada no último sábado (4/07), em Brasília, quando foi aprovado indicativo de paralisação nacional dos servidores do Instituto e da Saúde Federal.

Quanto à Saúde Federal do RIo, os servidores aprovaram indicativo de greve por tempo indeterminado a partir do dia 13/07, com realização de atos públicos e paralisações de 24h nos hospitais, nesta terça-feira 7, e reunião de seu comando de greve na sexta-feira (10/07), às 15h, no Sindsprev/RJ. Já confirmaram a disposição de paralisar os servidores do Hospital Cardoso Fontes e do Into. O objetivo é dar tempo para que o ciclo de assembleias nos hospitais e institutos federais seja efetivamente concluído ao longo desta semana, permitindo a construção de uma greve fortalecida no próximo dia 13.

Os servidores do INSS e da Saúde Federal lutam por reajuste de 27%, concurso público pelo RJU, incorporação de gratificações, condições de trabalho, respeito ao direito de duplo-vínculo, defesa das 30h semanais e fim da privatização dos serviços públicos.

Críticas ao governo Dilma (PT)

A assembleia desta segunda-feira 6 foi marcada por duras críticas dos servidores às políticas do governo federal para os serviços públicos. “Vivemos sob brutal ataque do atual governo e isto não pode mais continuar. Só no Hospital Federal de Bonsucesso, 60% dos servidores estão tendo seu direito ao duplo-vínculo desrespeitado, além de trabalharem sob péssimas condições e com as 30h ameaçadas. Precisamos unificar as lutas para fazer uma greve forte. A hora é essa”, disse o servidor da saúde federal Julio Cesar Tavares. Para Lúcia Pádua, da direção do Sindsprv/RJ, a responsabilidade do Estado do Rio é maior na greve da saúde federal. “Aqui no nosso estado estão as maiores e mais importantes unidades do Ministério da Saúde no país. Portanto, construir a greve aqui será decisivo para que forcemos o governo a negociar”, disse.

“Apesar de todas as dificuldades que encontramos, com um certo afastamento do Sindsprev/RJ de sua base no INSS, apesar disso existe espaço político para construirmos a greve na previdência e a maior prova é a presença significativa, nesta assembleia, de servidores do INSS, o que é um avanço. Nós não temos o direito de não lutar. Precisamos reagir, pois o que está em jogo é a nossa própria dignidade, precisamos buscar a nossa dignidade ameaçada”, completou a servidora do INSS e ex-diretora do Sindsprev/RJ Janira Rocha.

O também servidor do INSS e diretor do Sindsprev-RJ Rolando Medeiros criticou o que chamou de ‘situação-limite’ na previdência. “O governo recentemente chamou um concurso para apenas 800 vagas no INSS, quando o necessário são 15 mil vagas. Enquanto isso, o próprio governo quer aumentar a demanda sobre o INSS, com o atendimento do seguro-defeso e da regulamentação das empregadas domésticas, sobrecarregando  uma estrutura que já não dá conta da atual demanda, com servidores sujeitos a metas inatingíveis e absurdas. Não dá pra aceitar. Não podemos continuar assim. Temos que lembrar que tudo o que conquistamos, inclusive salário, foi com greve, não foi porque o governo nos deu”, afirmou.

“Sobre o INSS, nosso foco tem que ser na tentativa de paralisar as gerências do Instituto e aqui cada um tem a função de conscientizar os companheiros para que tenhamos uma greve forte”, completou Isaac Loureiro, também dirigente do Sindicato. “É preciso entender que o governo Dilma (PT) tem aplicado o ajuste fiscal contra os trabalhadores e que o ataque ao serviço público é uma necessidade do capital, que quer mesmo privatizar esse setor”, criticou Luis Fernando Carvalho, da direção do Sindsprev/RJ.

Assembleias continuam nos hospitais federais

Ao longo desta semana continuarão sendo realizadas assembleias nos hospitais e institutos federais. Nesta terça-feira (7/07), às 10h, os servidores do Hospital Cardoso Fontes e do Into realizam, em frente às duas unidades, ato público de protesto, seguido de paralisação.

Na quarta (8/07), às 12h30, acontece a assembleia dos servidores federais lotados no PAM Irajá. Também na quarta serão realizadas as assembleias do Hospital Federal da Lagoa e do Instituto de Cardiologia de Laranjeiras. As duas assembleias serão às 14h.

No dia 15/07, às 11h, será a vez de os servidores do Hospital Federal de Bonsucesso fazerem sua assembleia.

CÂMARA DOS DEPUTADOS - COMEÇOU A POUCO A AUDIÊNCIA DA CPI DA PETROBRAS PARA OUVIR EX-MINISTRO DA (CGU) CONTROLADORIA GERAL DA UNIÃO, JORGE HAGE SOBRINHO

    Audiência Pública para depoimento do ex-ministro-chefe da CGU, Jorge Hage Sobrinho 

Começou há pouco a reunião da CPI da Petrobras convocada para ouvir os depoimentos de três pessoas: o ex-ministro da Controladoria Geral da União (CGU) Jorge Hage; Antônio Gustavo Rodrigues, presidente do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), e Stael Fernanda Janene, viúva do ex-deputado José Janene.

Fonte: Portal de Notícia da Câmara dos Deputados/Fotos: Luis Macedo.

Jorge Hage foi convocado para responder a acusação feita pelo advogado inglês Jonathan Taylor de que a CGU não investigou suspeitas de pagamento de propina pela empresa SBM Offshore no ano passado por conta do calendário eleitoral.

Em depoimento à CPI em Londres, Taylor, que durante nove anos trabalhou na SBM, disse que a empresa pode ter feito pagamentos de mais de 92 milhões de dólares em propina em troca de contratos com a estatal entre 2003 e 2011.

Ele chegou a este valor com base nos 193 milhões de dólares que o representante da SBM no Brasil, Júlio Faerman, recebeu como comissão pelos contratos com a Petrobras nesse período. Segundo o advogado, 2/3 deste total eram destinados ao pagamento de propina. Ele disse ter fornecido essas informações à CGU, no ano passado, e acusou o órgão de não ter investigado o caso.

Mercado de dólar
Já o presidente do Coaf, Antônio Gustavo Rodrigues, foi convocado para falar do sistema de controle do mercado financeiro, principalmente sobre a atuação de doleiros, usados para lavagem de dinheiro de propina pela Operação Lava Jato.

A presença de Rodrigues na CPI surgiu depois que a comissão ouviu, em Curitiba (PR), a doleira Nelma Kodama, acusada de operar em parceria com Alberto Youssef na lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

No depoimento, ela disse que operadores de câmbio têm conhecimento das brechas do sistema e que a legislação brasileira que regula o mercado financeiro é falha, corrupta e existe “porque há participação dos bancos, das instituições financeiras e do Banco Central”.

Kodama foi condenada a 18 anos de prisão por lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Ela enviava dinheiro para o exterior por meio de sistema semelhante ao adotado por Youssef, com a criação de empresas de fachada que simulavam operações de exportação falsas e emitiam notas frias. 

Viúva
A viúva de José Janene foi convocada para falar do relacionamento do ex-deputado com o doleiro Alberto Youssef. Youssef acusa Janene, morto em 2010, de ser o mentor do esquema de cobrança de propina na Petrobras.

Apesar de não ser acusada no processo da Operação Lava Jato, ela comparece à CPI munida de um habeas corpus que lhe dá o direito de não responder perguntas que possam comprometê-la.

Janene morreu em 2010 em consequência de doença cardíaca grave, constatada por junta médica da Câmara em 2006, quando ele respondia a acusação de envolvimento no Mensalão. Segundo o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, Janene era o centro do esquema de desvio de dinheiro da Petrobras e atuava em nome do PP, partido que liderava na Câmara.

O nome de Stael Janene foi envolvido em polêmica depois que o presidente da CPI, deputado Hugo Motta (PMDB-PB), disse ter informações atribuídas a ela de que o ex-deputado pudesse estar vivo. Ela desmentiu a notícia.


O ex-ministro da Controladoria geral da União (CGU) Jorge Hage negou à CPI da Petrobras que o órgão tivesse deixado de investigar denúncias de pagamento de propina pela empresa holandesa SBM Offshore a diretores da estatal em troca de contratos.

A acusação foi feita pelo advogado Jonathan Taylor, que durante nove anos trabalhou na SBM, empresa que alugava plataformas de perfuração à estatal. Em depoimento à CPI da Petrobras, em Londres, ele disse que a SBM pode ter feito pagamentos de mais de 92 milhões de dólares em propina em troca de contratos com a estatal entre 2003 e 2011, informação repassada por ele à CGU no ano passado.

Segundo Taylor, a CGU deixou de investigar as suspeitas por conta do calendário eleitoral. Jorge Hage explicou à CPI que a Controladoria optou por não usar documentos fornecidos pelo advogado nos processos de investigação porque havia suspeitas de que ele tinha obtido as informações de forma ilícita, o que poderia invalidar as investigações. 

Hage explicou aos deputados da comissão que a SBM acusou Taylor de tentar extorquir a empresa em 3 milhões de euros para não revelar as informações que possuía – que incluíam documentos de uma investigação interna e gravações de conversas sem autorização judicial.

De acordo com o ex-ministro da CGU, a investigação sobre a suspeita de pagamento de propina começou a ser investigada pela CGU em fevereiro de 2014, quase seis meses antes do primeiro contato feito por Taylor, que mandou um e-mail a Hage se oferecendo para prestar informações.

Isso teria ocorrido em agosto e, segundo Hage, àquela altura a CGU já tinha solicitado todos os contratos da Petrobras com a SBM, bem como analisados e-mails de 23 funcionários suspeitos da Petrobras e descoberto que três funcionários da Petrobras tinham ido juntos a uma viagem não oficial à Holanda: Jorge Zelada, Renato Duque e José Orlando Azevedo.

O ex-ministro disse que a investigação da CGU encontrou dificuldades em obter informações oficiais das autoridades holandesas, que não aceitam cooperação internacional em processos administrativos – apenas em casos penais.

“Mesmo assim, a CGU determinou a abertura de processo de investigação contra seis funcionários da Petrobras a partir de investigações que começaram em fevereiro”, explicou Hage. Entre os acusados pela CGU estão o ex-diretor Internacional da Petrobras Nestor Cerveró, o sucessor dele, Jorge Zelada, e o ex-diretor de Serviços Renato Duque. As acusações incluíam enriquecimento ilícito, patrimônio incompatível, transações imobiliárias suspeitas, viagens suspeitas em companhia de Júlio Faerman (então representante da SBM no Brasil), vazamento de informações confidenciais e recebimento de propina.

“Não é verdade, portanto, que a CGU nada fez. E a CGU agiu de forma correta ao optar em não usar os documentos de Taylor, que poderiam comprometer todo o processo e não ofereciam o principal: o nome de quem recebeu a propina”, disse Hage.

A CPI está reunida no plenário 5 e, neste momento, ouve o depoimento do ex-ministro da Controladoria-Geral da União (CGU) Jorge Hage.

RECEITA FEDERAL ABRE AMANHÃ QUARTA-FEIRA (08) SEGUNDO LOTE DO IMPOSTO DE RENDA PESSOAL FÍSICA


Cerca de 1,4 milhão de contribuintes que declararam Imposto de Renda neste ano vão receber dinheiro do Fisco. A Receita Federal abre na quarta-feira (8) consulta ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2015. Ao todo, serão desembolsados R$ 2,348 bilhões.

Fonte: Agência Brasil. 

A Receita também pagará R$ 151,9 milhões a 63.505 contribuintes que fizeram a declaração entre 2008 e 2014, mas estavam na malha fina. Considerando os lotes residuais e o pagamento de 2015, o total gasto com as restituições chegará a R$ 2,5 bilhões.

A lista com os nomes estará disponível a partir das 9h desta quarta-feira (8) na página da Receita na internet. O endereço é www.receita.fazenda.gov.br. A consulta também pode ser feita pelo Receitafone, no número 146.

As restituições terão correção de 3,09%, para o lote de 2015, a 71,56% para o lote de 2008. Em todos os casos, os índices têm como base a taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada entre a entrega da declaração até este mês.

O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração no dia 15. O contribuinte que não receber a restituição deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento.

PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF ASSINA MEDIDA PROVISÓRIA AUTORIZA EMPRESA REDUZIR SALÁRIO E JORNADA DE TRABALHO


Presidenta Dilma Rousseff assina Medida Provisória que cria Programa de Proteção ao Emprego, durante solenidade no Palácio do Planalto Wilson Dias/Agência Brasil

Com o objetivo de evitar demissões dos trabalhadores por empresas em dificuldades financeiras, o governo federal criou, por meio de medida provisória (MP), o Programa de Proteção ao Emprego (PPE), que vai permitir a redução temporária da jornada de trabalho e de salário em até 30%.

Fonte: Agência Brasil.

A MP foi assinada na tarde de hoje (6) pela presidenta Dilma Rousseff, após encontro com ministros e representantes de centrais sindicais. Embora passe a valer imediatamente com força de lei, a proposta será analisada e precisa ser aprovada pelo Congresso Nacional.

A medida prevê que a União complemente metade da perda salarial por meio do Fundo de Amparo ao Trabalhador. O Programa valerá até o dia 31 de dezembro de 2016, e o período de adesão das empresas vai até o fim deste ano. Para definir quais setores e empresas estarão aptos a participar do PPE, o governo também criou um grupo interministerial que vai divulgar informações sobre os critérios, com base em indicadores econômicos e financeiros.

De acordo com o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Miguel Rossetto, as empresas não poderão demitir nenhum funcionário durante o prazo de vigência do programa, proibição que será mantida por pelo menos mais dois meses após o fim da vigência.

As empresas poderão aderir ao programa por seis meses, prorrogáveis por mais seis. O anúncio foi feito no início da noite por Rossetto e outros dois ministros, ao lado de representantes de centrais sindicais, no Palácio do Planalto.

"É mais importante usar recursos públicos para manter o emprego do que para custear o desemprego. É um programa ganha-ganha, orientado claramente para manutenção do emprego em um período de crise", afirmou Rossetto, acrescentando que o programa é aberto para qualquer setor da economia que tenha redução de emprego e renda.

11ª EDIÇÃO DO FESTUD TEM INSCRIÇÕES ABERTAS




Festival Estudantil de Teatro de Cabo Frio será realizado entre 29 de setembro e 4 de outubro.

Estão abertas as inscrições para o 11º Festival Estudantil de Teatro de Cabo Frio (FESTUD), que será realizado de 29 de setembro a 4 de outubro de 2015 no Teatro Municipal Inah de Azevedo Mureb.

Realizado desde 1997, o FESTUD já é uma tradição para as artes cênicas da Região dos Lagos e este ano conta com diversas novidades. Além de um novo site, as inscrições são feitas pela internet e estão abertas para todo o território brasileiro. O valor do prêmio também aumentou, alcançando o total de R$ 3,9 mil.

Realizado pela Secretaria Municipal de Cultura, o festival se integra às comemorações dos 400 anos de fundação da cidade. Para o secretário José Facury Heluy, o FESTUD é uma ação fundamental para o desenvolvimento das artes cênicas:

- Fui o idealizador do projeto quando era funcionário da Secretaria de Cultura em 1997. Hoje, à frente da gestão, percebo que o FESTUD é um grande revelador de talentos, enquanto o Curso de Teatro (Oficena), realizado no Teatro Municipal, é o capacitador destes jovens que estão dando os primeiros passos nesta arte secular. Essas ações se integram e demonstram que a política cultural ligada ao teatro está no caminho certo – refletiu o secretário.

A inscrição para o 11º FESTUD é feita online, e o edital e a ficha de inscrição podem ser encontrados no site www.festud.com. As inscrições se encerram no dia 4 de setembro.

Texto: Anderson Lopes
Fotos: Dona Mariana Fotografia.

segunda-feira, 6 de julho de 2015

VEJAM O VÍDEO - DURANTE APRESENTAÇÃO DOS NOVOS MEMBROS OS JOVENS DO CEI DE CABO FRIO LOUVAM E DANÇAM PARA A HONRA DO SENHOR JESUS



Nesta postagem o Blog Álvaro Neves "O Eterno Aprendiz" traz para os amigos internautas, vídeo gravado durante o último culto dominical do (CEI de Cabo Frio), Centro Evangelístico Internacional de Cabo Frio. Quando os jovens da congregação dançaram e louvaram para a honra e glória do Espírito Santo. 

Texto, foto e vídeo: Álvaro Neves e Fátima Neves. 

Após o pastor Fabrício Valladares apresentar os novos membros do Corpo de Cristo, os jovens da congregação demonstrando a alegria dos filhos de Deus que possuem o Espírito Santo de Deus. Dançaram e louvaram ao som do louvor intitulado "Mais que Vencedor Eu Sou", de autoria do Pastor e Levita Fernandinho, interpretado pelo grupo de louvor do CEI de Cabo Frio. Para a honra e glória do senhor Jesus. 

Veja o vídeo: 

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE CABO FRIO



A Câmara Municipal de Cabo Frio informa que as placas indicativas de estacionamento exclusivo aos funcionários da Casa, que estavam localizadas na frente e na lateral do prédio, foram retiradas na manhã desta segunda-feira (06), e as vagas abertas para a população. 

Foto: Presidente da Câmara do Vereadores de Cabo Frio, vereador Marcelo Corrêa.
A decisão foi tomada pelo presidente do Legislativo, o vereador Marcello Trindade Corrêa, após dois carros serem notificados e um deles rebocados pela Guarda Municipal, na manhã da última quinta-feira (02), por estarem estacionados nas ‘vagas exclusivas’ da Câmara.

Att, 
-- 
Mariana de Souza | Assessoria de Comunicação
CÂMARA MUNICIPAL DE CABO FRIO.



PROJETO "CINE EM CENA" TRANSFORMA A PRAÇA DE SÃO CRISTÓVÃO EM SALA DE CINEMA




O projeto é mais uma parceria entre a Secretaria de Educação de Cabo Frio e a concessionária CCR ViaLagos

A Praça Alfredo Castro, em São Cristóvão, será transformada em uma grande sala de cinema entre 7 e 9 de julho. O projeto "Cine em Cena Brasil" leva à Praça de São Cristóvão quatro sessões diárias, com entrada livre. A ação é mais uma parceria entre a Secretaria de Educação de Cabo Frio e a Concessionária CCR ViaLagos.

Com direito a 225 lugares, bancos acolchoados, ar condicionado e diversos filmes de produções recentes para animar a garotada, o “Cine em Cena”  tem como objetivo principal resgatar os tempos do cinema de rua, buscando aproximar a população carente que circula pelo centro e que não tem a rotina de frequentar salas de cinema. Além disso, 15 escolas da rede municipal já estão agendadas, de acordo com o filme e a faixa etária dos alunos.

Haverá filmes específicos para as crianças menores e também para adolescentes, como os alunos dos Colégios Municipais Rui Barbosa e Prof.ª Elza M.ª Santa Rosa Bernardo. Dentre os filmes em cartaz estão “Rio 2”, “Como treinar seu dragão 2”, “Confissões de Adolescente” e “Jack, o Caçador de Gigantes”, este, com exibição em 3D.

As sessões serão sempre, durante os três dias, nos horários das 8h, 10h, 13h30 e 15h30. A entrada estará sujeita apenas a lotação máxima do local.
  
Confira toda a programação:

7 de julho (terça-feira)
Rio 2 – 8h
Colegas – 10h
Como treinar seu dragão 2 – 13h30
Se puder... Dirija! – 15h30

8 de julho (quarta-feira)
Rio 2 – 8h
Colegas – 10h
Como treinar seu dragão 2 – 13h30
Se puder... Dirija! – 15h30

9 de julho (quinta-feira)
Confissões de Adolescente – 8h
Como treinar seu dragão 2 – 10h
Confissões de Adolescente – 13h30
Jack, o caçador de gigantes (3D) – 15h30.

Texto: Anneliese Lobo | Assessoria de Imprensa da Secretaria Municipal de Educação.
Foto: Divulgação.

PASTOR NEEMIAS TEM A HONRA DE CONVIDA-LOS:


MENSAGEM DO PREFEITO ALAIR CORRÊA AOS MUNÍCIPES CABOFRIENSES



Texto: Alair Corrêa/Foto: Álvaro Neves e Fátima Neves.

Atenção! 

A tentativa de desestabilizar o Governo continua com boatos e mentiras. Por último, andam divulgando que a passagem a R$ 1.50 irá acabar a partir do dia 31/07. 

Quero tranquilizar a todos que possuem o cartão dignidade que essa divulgação por parte de algumas pessoas não passa de mais uma grande mentira. A passagem vai continuar a R$ 1.50 ( um real e cinquenta centavos ) e se em meu governo ela um dia vier a acabar será porque abaixei o preço para R$ 0,50 ( cinquenta centavos) ou para colocá-la gratuitamente. Mais, jamais aumentando do valor atual.

SENADO FEDERAL - PEQUENOS PARTIDOS CRITICAM PROPOSTAS DA REFORMA POLÍTICA



A proposta de reforma política em análise na Câmara dos Deputados foi fortemente criticada por integrantes de pequenos partidos de esquerda e também pelo representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto, membro da comissão da entidade que analisa a proposição. O tema foi discutido em audiência pública, nesta segunda-feira (6), na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado.

Fonte: Portal de Notícia do Senado Federal.

A Câmara dos Deputados já aprovou, em primeiro turno, a proposta de emenda à Constituição (PEC 182/2007) que promove a reforma política. O texto poderá ser votado em segundo turno nesta semana.

O presidente da CDH, senador Paulo Paim (PT-RS), também criticou a proposta e anunciou, no encerramento do debate, que a comissão vai aderir à campanha "Por uma reforma política sem exclusão". Esse movimento é contrário a pontos que estão sendo aprovados na reforma política em análise pela Câmara dos Deputados. Entre eles, o que exclui os partidos sem representação no Congresso Nacional da propaganda em TV e rádio e proíbe o acesso dessas legendas ao Fundo Partidário.

— Porque só os grandes partidos devem ter acesso ao Fundo? Esse e outros pontos do que está vindo da Câmara me preocupam muito, e podem até ser classificados como antidemocráticos — afirmou Paim.

O senador informou que irá solicitar ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL),  a discussão da reforma política em Comissão Geral no Plenário, contando com a participação de partidos como o PSTU, PCO e PCB, dentre outros.

'Calar a esquerda'

Para Cezar Britto, por enquanto, a consequência prática da proposta em análise pela Câmara será "extinguir a possibilidade de crescimento de uma nova esquerda no país".

— A esquerda vem crescendo em países como a Grécia, a Espanha, como uma resposta à direita representada por governos como o de James Cameron na Inglaterra — observou ele, que também foi presidente do Conselho Federal da OAB.

O representante da OAB citou como os pontos mais preocupantes da reforma a proibição de acesso ao horário eleitoral e à propaganda em TV e rádio, assim como a exclusão do acesso ao Fundo Partidário.

— A atual legislação já é restritiva nesses aspectos para os pequenos partidos ideológicos. Mas agora querem transformar o restritivo em "extinguivo" — disse.

Britto também mencionou como "extremamente preocupante" a proposta de diminuição do tempo das campanhas eleitorais e cláusulas de barreira ligadas a critérios geográficos, num país continental como o Brasil.

— Me preocupa muito o estímulo a uma sociedade calada.

Para o representante da OAB, se o objetivo é diminuir o campo de atuação das chamadas "legendas de aluguel", basta vedar a cessão do tempo de TV e de rádio nas coligações, proposta defendida pela entidade.

Em sua avaliação, a reforma política faz parte de uma "ofensiva da direita", representada também por propostas como a ampliação da terceirização, a rediscussão do conceito de "trabalho escravo" e o combate a mais direitos para grupos como o dos homossexuais. Ele ainda criticou a constitucionalização do financiamento privado das campanhas.

— Empresa não é povo, ela não vota. Ela não financia candidatos por preferência, ela faz um investimento que custa muito caro para a sociedade depois — alertou.

Ele também considerou uma "ironia" o fato de sindicatos e associações sem fins lucrativos continuarem proibidos de financiar candidatos, enquanto a possibilidade continuaria aberta para as grandes empresas.

O representante da OAB defendeu a análise pelo Congresso da proposta apresentada pela entidade, pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e por outras associações ("mais de 100", segundo ele), que estabelece cotas para a representação feminina nas Casas Legislativas (de 50%). O projeto também aumenta o Fundo Partidário para os partidos que tenham mais negros e trabalhadores eleitos; limita a R$ 700 o valor que um cidadão pode doar para ajudar o candidato de sua preferência; estabelece o voto em lista nos pleitos proporcionais e prevê a realização de mais plebiscitos e referendos nas definições sobre as políticas públicas.

Pequenos partidos de esquerda

Os representantes dos partidos presentes à audiência questionaram principalmente a constitucionalização do financiamento privado das campanhas, no mesmo momento em que já se manifestava no Supremo Tribunal Federal (STF) uma maioria contrária à prática, além do cerceamento à atuação dessas legendas.

Para José Maria de Almeida, conhecido como "Zé Maria", e que foi candidato à Presidência da República pelo PSTU (Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado) em quatro ocasiões, a reforma é uma resposta das "forças conservadoras" à resistência que já estaria aparecendo na juventude e em movimentos trabalhistas. Ele criticou também o governo pela aprovação recente das medidas do ajuste fiscal, pela política restritiva em relação ao serviço público e por cortes nos investimentos da Petrobras. Também fez críticas à Câmara pela aprovação do projeto que liberou a terceirização para as atividades-fim das empresas, agora em análise no Senado.

— Em momento de desemprego, vem a Câmara com uma reforma que restringe quem resiste ao conservadorismo e que libera o financiamento para quem financia a corrupção — disse, fazendo referência às investigações da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, sobre corrupção envolvendo a Petrobras.

Antonio Carlos Silva, da Executiva Nacional do PCO (Partido da Causa Operária), também lamentou o conteúdo da reforma. Ele conclamou os pequenos partidos a se unirem e chamou para a mobilização os representantes do PT e do PSOL que sejam contrários à proposta. Para ele, essa reforma faz parte de "uma ampla articulação da direita golpista e reacionária".

— Os primeiros alvos somos nós, mas os outros partidos também devem ficar atentos — disse, citando como exemplo a manifestação do congresso do PSDB, neste final de semana, defendendo a interrupção do mandato da presidente da República, Dilma Rousseff.

O presidente do PCB (Partido Comunista Brasileiro), Mauro Iasi, afirmou que a reforma aprofunda um modelo político que estaria "fracassado", cujo retrato, em sua opinião, teria ficado claro durante as manifestações de junho de 2013.

— É uma reforma cosmética que não enfrenta os problemas graves da política, que são ligados ao financiamento das campanhas. Estamos assistindo ao fracasso do modelo criado após a ditadura e com a Constituição de 88.

Luiz Araújo, representando o PSOL, citou a manifestação do deputado federal Chico Alencar (PSOL-RJ), para quem a reforma "altera alguns pontos para na verdade não mudar nada".

— A reforma está legalizando o que o STF estava próximo de proibir — disse.

Para o ex-deputado federal Ciro Gadelha, do PSTU, a proposta analisada pela Câmara é "um escárnio".

— As legendas de aluguel vão continuar. Só os partidos ideológicos vão ser calados.

E Amanda Gurgel, vereadora pelo PSTU em Natal (RN), também defendeu a continuidade do acesso à TV e ao rádio para os pequenos partidos.

— Deixem a gente falar e depois deixem a população decidir se querem votar na gente ou não — disse.


RESULTADO DA SEGUNDA CHAMADA DO (ProUni) PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS JÁ SE ENCONTRA NA INTERNET



O resultado da segunda chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) já está disponível na internet. Os estudantes pré-selecionados têm até o próximo dia 10 para comprovar nas instituições de ensino as informações prestadas no momento da inscrição.

Fonte: Agência Brasil/Foto: Repórter Barra.com.br.

É de responsabilidade do candidato verificar na instituição os horários e o local ao qual deve comparecer para apresentar os documentos necessários. Quem perder o prazo ou não comprovar as informações é automaticamente reprovado. Entre os documentos a serem apresentados estão um de identificação, comprovantes de residência, de rendimento do estudante e de integrantes do grupo familiar e comprovantes de ensino médio.

Quem não foi pré-selecionado na segunda chamada ainda poderá manifestar interesse em participar da lista de espera entre os dias 17 e 20 de julho, na página do ProUni.

Nesta segunda edição de 2015, foram ofertadas 116.004 bolsas por 856 instituições particulares de educação superior. Das bolsas disponíveis, 68.971 são integrais e 47.033, parciais

O programa é destinado aos estudantes que querem concorrer a bolsas de estudo parciais e integrais em instituições particulares de educação superior, com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

FAMÍLIA PROCURA POR ADOLESCENTE DESAPARECIDO



O adolescente Otávio Márcio da Silva Oliveira, 16 anos, está desaparecido desde o dia 1° de julho. Ele saiu da casa materna, no bairro Vinhateiro, em São Pedro da Aldeia, por volta das 15h e não voltou mais. A mãe informa que saiu apenas de bermuda (branca e preta), sem camisa e descalço. Não levou celular ou outro bem material consigo.

A família afirma que o jovem normalmente apresenta um comportamento tranquilo e é bastante caseiro. Acreditam que possa ter tido um surto psicótico ou ter perdido a memória. No último semestre, estava meio depressivo e desistiu de ir para escola. Os familiares desconhecem qualquer envolvimento com drogas.

A família registrou o desaparecimento e conta com a boa vontade da comunidade para dar pistas ou notícias do jovem desaparecido. Os telefones (22) 99715-9977 (Priscila) e (22) 99605-1510 (Sérgio) estão disponíveis.

UVA REALIZA VESTIBULARES PARA O PRÓXIMO SEMESTRE.



Prova será aplicada neste domingo, 12 de julho, em Cabo Frio, e no dia 19, o concurso será exclusivo para alunos da rede pública estadual

A Universidade Veiga de Almeida (UVA) realiza dois processos seletivos para o segundo semestre no mês de julho. Neste fim de semana, serão aplicadas as provas do vestibular tradicional. Na próxima semana, acontece o vestibular exclusivo para alunos da rede pública estadual, com a oferta de dez bolsas de estudo no valor integral da mensalidade. As inscrições podem ser feitas diretamente no site www.uva.br.

As provas do vestibular tradicional acontecem neste sábado, 11 de julho, nos campi da Capital e no domingo (12), no campus Cabo Frio. Mantendo a tradição, o candidato não precisa pagar taxa de inscrição em espécie, mas deve contribuir com duas latas de leite em pó ou um quilo de alimento não perecível ou um pacote de fraldas geriátricas para serem doados a instituições sem fins lucrativos.

A prova, formada por uma redação e 30 questões de múltipla escolha, inicia as 9h e o candidato tem até três horas para concluir o exame. Para fazer a prova, é necessário que o candidato apresente um documento oficial com foto. O preenchimento das questões e a redação devem ser feitos com caneta esferográfica preta (preferencialmente) ou azul.

Bolsas:

Por meio de uma parceria firmada entre a Universidade e a Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro, alunos da rede pública estadual concorrerão a dez bolsas de estudo no valor integral da mensalidade. Os interessados podem se inscrever pelo site www.uva.br/seeduc até o dia 17 de julho. As provas serão realizadas dia 18 de julho, na Tijuca, e dia 19 de julho na unidade de Cabo Frio. Os candidatos são isentos da taxa de inscrição.

Para concorrer às bolsas, o aluno da Rede Pública Estadual deve ter participado de pelo menos um terço das avaliações bimestrais (Saerjinho), no caso dos alunos que estão cursando o último ano do Ensino Médio; ou dois terços das avaliações bimestrais (Saerjinho) para aqueles que concluíram o Ensino Médio em 2014. Podem participar do certame, ainda, alunos das modalidades Curso Normal, Ensino Médio Inovador, Ensino Médio Integrado, EJA Ensino Médio e Autonomia.

Excelência:

A UVA oferece mais de 40 opções de cursos de graduação e graduação tecnológica, além de dez formações na modalidade de ensino a distância (EaD). O IGC (Índice Geral de Cursos), determinado pelo Ministério da Educação, pelo terceiro ano consecutivo coloca a UVA entre o seleto grupo das universidades particulares que tem conceito 4. A Universidade é a segunda melhor do estado do Rio de Janeiro.

***********************

Att,

Andréa Luiza Collet
Diretoria Executiva de Marketing, Matrículas & Comunicação.

CPI DA PETROBRAS E REFORMA POLÍTICA DEVEM MOVIMENTAR CÂMARA DOS DEPUTADOS NESTA SEMANA



Após uma semana tumultuada e marcada pela aprovação, em primeiro turno, da proposta de emenda à Constituição que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos, nos casos de crimes hediondos, a Câmara dos Deputados vai retomar esta semana as votações em segundo turno da reforma política.


Fonte: Agência Brasil/Foto: Fotógrafo Luiz Macedo da Câmara dos Deputados. 


A votação em primeiro turno começou no fim de maio e foi concluída no dia 17 de junho. Agora, os deputados deverão retomar as votações dos temas aprovados em primeiro turno. Entre eles estão o fim da reeleição, os cinco anos de mandato para os ocupantes de todos os cargos eletivos, o acesso ao Fundo Partidário e ao tempo de rádio e TV apenas para legendas com, pelo menos, um deputado eleito.

Estará em discussão também o financiamento privado de campanhas, com doações de empresas a partidos políticos. Sobre esse último ponto, os deputados precisam alterar a legislação ordinária para disciplinar as doações. Como se trata de matéria que altera a Constituição, as votações têm que ocorrer em dois turnos, antes de serem encaminhadas para o Senado.

“Nosso objetivo primordial é concluir o segundo turno da reforma política e o projeto infraconstitucional da mudança da Lei Eleitoral. Isso é fundamental, porque tem que ser enviado ao Senado para que a gente possa ter isso valendo para as eleições de 2016”, disse o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Ao lado da votação da reforma política, a Comissão Parlamentar de Inquérito da Petrobras deve movimentar a semana na Câmara dos Deputados, com os depoimentos do ex-ministro chefe da Controladoria Geral da União Jorge Hage, para falar sobre o caso da SBM Off Shore.

Haverá depoimento do presidente do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), Carlos Barreto, e da viúva do ex-deputado José Janene. Ocorrerão também as acareações entre o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque e o ex-gerente de Serviços e Engenharia da estatal Pedro Barusco, e de Barusco com o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.

A Câmara deve votar na terça-feira a Medida Provisória 671/15, que trata do refinanciamento das dívidas fiscais e trabalhistas dos clubes de futebol profissional e das normas de responsabilidade fiscal e gestão. O relatório do deputado Otavio Leite (PSDB-RJ) fixa em até 240 meses o prazo de parcelamento das dívidas dos clubes, sejam de futebol ou não, além de prever parcelas menores nos 60 primeiros meses.

O deputado propõe a criação de uma nova loteria federal instantânea, na forma de raspadinha, em parceria com a Caixa Econômica Federal. Parte dos recursos arrecadados com a loteria deverá ser destinada aos clubes, com a condição de que eles usem a verba para investir nas categorias de base e subsidiar ingressos a preços populares

O plenário poderá votar o Projeto de Lei 1358/15, que muda o índice de correção do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, cuja urgência foi aprovada na última terça-feira (30). Pela proposta, os depósitos feito0s a partir de 1º de janeiro de 2016 serão corrigidos pela TR mais 0,5% ao mês, quando a taxa Selic for superior a 8,5% (atualmente a taxa está em 13,75%).

Quando os juros forem inferiores a 8,5%, a correção será TR acrescida de 70% da taxa Selic. É o mesmo cálculo aplicado hoje às cadernetas de poupança. Atualmente a correção é feita com base na taxa referencial (TR), em torno de 0,1% ao mês, mais juros de 3% ao ano.

FOTOS - CULTO DOMINICAL DO CEI DE CABO, ORAÇÃO, LOUVORES E PREGAÇÃO



No culto do CEI de Cabo Frio deste domingo, foi mais um culto de oração, louvores, testemunho e pregação.  O pastor Fabrício Valladares fez a pregação solidificada em: 1 Coríntios, capitulo 1 do versículos 18 ao 31. Onde se ler:

18 Pois a mensagem da cruz é loucura para os que estão perecendo, mas para nós, que estamos sendo salvos, é o poder de Deus.

19 Pois está escrito: "Destruirei a sabedoria dos sábios e rejeitarei a inteligência dos inteligentes".

20 Onde está o sábio? Onde está o erudito? Onde está o questionador desta era? Acaso não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo?

21 Visto que, na sabedoria de Deus, o mundo não o conheceu por meio da sabedoria humana, agradou a Deus salvar aqueles que creem por meio da loucura da pregação.

22 Os judeus pedem sinais miraculosos, e os gregos procuram sabedoria;

23 nós, porém, pregamos a Cristo crucificado, o qual, de fato, é escândalo para os judeus e loucura para os gentios
24 mas para os que foram chamados, tanto judeus como gregos, Cristo é o poder de Deus e a sabedoria de Deus.

25 Porque a loucura de Deus é mais sábia que a sabedoria humana, e a fraqueza de Deus é mais forte que a força do homem.

26 Irmãos, pensem no que vocês eram quando foram chamados. Poucos eram sábios segundo os padrões humanos; poucos eram poderosos; poucos eram de nobre nascimento.

27 Mas Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios, e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes.

28 Ele escolheu as coisas insignificantes do mundo, as desprezadas e as que nada são, para reduzir a nada as que são.

29 para que ninguém se vanglorie diante dele.

30 É, porém, por iniciativa dele que vocês estão em Cristo Jesus, o qual se tornou sabedoria de Deus para nós, isto é, justiça, santidade e redenção.

31 para que, como está escrito: "Quem se gloriar, glorie-se no Senhor".

A mensagem da Cruz.

A cruz que criamos em nosso dia a dia ao acumular as nossas magoas, desentendimentos e desavenças com nossos irmãos. 

Pregou sobre a necessidade de servir aos que nos magoou, servir aos que nos ofendeu e acima de tudo aos mais necessitados. 

Esse é o peso da Cruz dos que desejam ser chamados filhos de Deus. 

Vejam em postagem futuras vídeo de testemunhos, louvores e orações. 


Veja abaixo fotos do culto deste domingo: