Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 25 de maio de 2015

AGENDA DOS TRABALHOS DA CÂMARA DOS DEPUTADOS REFERENTE AO PERÍODO DO 25 À 29 DE MAIO DE 2015.



O Blog Álvaro Neves "O Eterno Aprendiz" traz para você que valoriza os seu voto e quer acompanhar o trabalho do deputado que você escolheu para lhe representar no Parlamento Brasileiro, ou seja a Câmara dos Deputados Brasileiro. 

Fonte: Portal de Noticia da Câmara dos Deputados.

SEGUNDA- FEIRA (25)

9 horas:
Comissão do Esporte
Mesa-redonda com a Coordenação de Gestão do Departamento de Incentivo e Fomento ao Esporte do Ministério do Esporte para debater a Lei 11.438/06 e demais programas do ministério que possam atender a sociedade do estado do Pará.

Assembleia Legislativa do Pará, em Belém

9 horas 
Comissão especial sobre o Supersimples (PLP 25/07) 
Seminário: Discussão da proposta de reorganização e simplificação da metodologia de apuração do Simples Nacional. 

Auditório Franco Montoro - Alesp - São Paulo

14 horas
Comissão Especial da Reforma Política (PECs 182/07 e outras)
Votação da proposta.
Plenário 1

14 horas
Plenário
Sessão de debates.
Plenário Ulysses Guimarães

TERÇA-FEIRA (26)

9 horas 
Comissão de Direitos Humanos e Minorias
Seminário para debater casos de violência sexual contra crianças e adolescentes no Pará, na Paraíba e em Goiás. 
Plenário 1

9 horas
Votações em Plenário
Sessão extraordinária para discussão e votação da reforma política (PECs 182/07 e outras).
Plenário Ulysses Guimarães

10 horas
Sessão Solene
Homenagem ao centenário de Humberto Teixeira, o doutor do baião. 
Plenário Ulysses Guimarães

10 horas 
Comissão de Viação e Transportes
Audiência pública para debater os constantes acidentes com vítimas fatais na BR 381, conhecida como rodovia da morte. 
Foram convidados, entre outros, o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel; e o superintendente regional da Polícia Rodoviária Federal de Minas Gerais, Guido Marcelo Mayol. 
Plenário 11

11 horas
Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado 
Subcomissão Permanente para tratar do Combate ao Crime Organizado 
Continuação das apresentações das propostas de trabalho dos sub-relatores. 
Plenário 6

12h30 
Comissão Mista de Orçamento 
Reunião do Colegiado de Líderes para definição de relatorias, comitês e pauta da reunião extraordinária. 
Sala de Reuniões da Presidência da comissão

13 horas 
Comissão Mista de Orçamento 
Reunião extraordinária.
Plenário 2

13h30 
Comissões Mista de Orçamento; de Finanças e Tributação; de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; e de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara; e comissões de Assuntos Econômicos; e de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle do Senado 
Audiência pública com o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, para avaliação dos objetivos e metas das políticas monetária, creditícia e cambial referentes ao segundo semestre do exercício de 2014.
Plenário 2

14h30 
Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural 
Audiência pública para esclarecer os problemas que envolvem os constantes cortes de energia elétrica dos produtores rurais atingidos pela barragem de Itaparica. 
Foram convidados o presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba, Elmo Vaz Bastos de Matos; e o presidente da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco, Antônio Varejão de Godoy. 
Plenário 6

14h30 
Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática 
Audiência pública com o ministro da Defesa, Jaques Wagner, para discutir a atual situação dos centros militares de pesquisa e tecnologia, bem como a viabilidade de expansão da rede nos estados, inclusive através de convênios e parcerias com universidades e cursos técnicos para capacitação de jovens. 
Plenário 13

14h30
Comissão de Desenvolvimento Urbano 
Audiência pública para expor o programa Cidade do Saber, em atividade no município de Camaçari (BA). 
Foi convidada a diretora-geral da Organização Social Cidade do Saber, Ana Lúcia Alves da Silveira. 
Plenário 16

14h30
Comissão de Educação 
Audiência pública para discutir alternativas para o financiamento da educação básica no Brasil. 
Foram convidados, entre outros, o secretário de Articulação com Sistemas de Ensino do Ministério da Educação, Binho Marques; e o coordenador-geral do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica, Vander de Oliveira Borges.
Plenário 10

14h30 
Comissão de Seguridade Social e Família 
Audiência pública pra debater o uso de drogas lícitas e ilícitas na infância e na adolescência. 
Foram convidados o secretário nacional de Políticas sobre Drogas, Vitore André Zilio Maximiano; a presidente do Conselho Nacional de Saúde, Maria do Socorro de Souza; e o membro da Sociedade Brasileira de Pediatria João Paulo Becker Lotufo. 
Plenário 7

14h30
Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público 
Audiência pública sobre o aproveitamento dos candidatos aprovados em concurso para auditor-fiscal da Receita Federal do Brasil.
Foram convidados, entre outros, o presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil, representando também a Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil, Cláudio Márcio Oliveira Damasceno.
Plenário a definir

16 horas 
Comissões de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência; e do Esporte 
Audiência pública para obter esclarecimentos sobre os preparativos dos Jogos Paralímpicos - Rio 2016.
Foram convidados o diretor do Departamento de Excelência Esportiva e Promoções de Eventos do Ministério do Esporte, Ricardo Avellar; o presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, Andrew Parsons; e o presidente da Empresa Olímpica Municipal, Joaquim Monteiro de Carvalho.
Plenário a definir

16 horas
Comissão externa sobre a situação de emergência em Xanxerê (SC) 
Votação de requerimentos; e relato sobre a visita aos municípios de Xanxerê e Ponte Serrada (SC). 
Plenário 10

16 horas
Votações em Plenário
Sessão ordinária para discussão e votação da reforma política (PECs 182/07 e outras).
Plenário Ulysses Guimarães

19 horas
Sessão do Congresso 
Destinada para apreciação dos vetos presidenciais.
Plenário Ulysses Guimarães

Após a sessão do Congresso
Votações em Plenário
2ª sessão extraordinária para discussão e votação da reforma política (PECs 182/07 e outras).
Plenário Ulysses Guimarães

QUARTA-FEIRA (27)

8h30
Frente Parlamentar Ambientalista; Fundação SOS Mata Atlântica; Florest Trends; e demais ONGs ambientalistas 
Café da manhã em comemoração do Dia Nacional da Mata Atlântica e para o lançamento da Matriz Brasileira de Pagamentos por Serviços Ecossistêmicos. 
Restaurante do 10º andar do anexo 4

9 horas
Votações em Plenário
Sessão extraordinária para discussão e votação da reforma política (PECs 182/07 e outras).
Plenário Ulysses Guimarães

9h30
Frente Parlamentar de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer; e Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama 
6ª Conferência Nacional de Primeiras-Damas.
Auditório Nereu Ramos

9 horas 
Comissão de Minas e Energia
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 14

9h30
Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 3

10 horas 
Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural 
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 6

10 horas 
Comissão de Educação 
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 10

10 horas 
Comissão de Defesa do Consumidor
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 8

10 horas 
Comissão de Minas e Energia
Audiência pública para discutir os impactos ambientais, financeiros e sociais do novo Código de Mineração e a crise do setor de mineração. 
Foram convidados, entre outros, o secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia, Carlos Nogueira da Costa Júnior; e a professora Ana Claudia Silva, da Universidade Federal do Pará.
Plenário 14

11 horas 
Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional
Audiência pública para discutir as medidas que o governo brasileiro está tomando diante de informações de que o Estado Islâmico estaria tentando recrutar jovens em território brasileiro; e para tratar da prevenção contra possíveis atentados terroristas em grandes eventos internacionais no Brasil.
Foram convidados, entre outros, o presidente do Conselho de Ética da União Nacional Islâmica e vice-presidente da União Mundial da Juventude Islâmica (Wamy), Jihad Hassan Hammadeh; e o jornalista Marcelo Rech, especialista em Relações Internacionais, Estratégias e Políticas de Defesa, Terrorismo e Contrainsurgência.
Plenário 3

13 horas 
Comissão Mista de Orçamento 
Audiência pública com o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa, para discutir o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016. 
Plenário 2

14 horas 
Comissão de Direitos Humanos e Minorias
Audiência pública para apresentação do relatório de mandato (2012/2014) das relatorias em Direitos Humanos promovida pela Plataforma Dhesca no Brasil. 
Foram convidados, entre outros, os coordenadores da Plataforma de Direitos Humanos Dhesca Brasil, Darci Frigo e Maria Luisa Pereira de Oliveira. 
Plenário 9

14 horas 
Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 6

14h30
Comissão de Defesa do Consumidor
Audiência pública para tratar da atual situação da saúde no País, a partir de um caso concreto, e dos abusos cometidos pelos planos de saúde. 
Foram convidados, entre outros, a gerente-geral da Articulação Interinstitucional da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Barbara Kirchner Corrêa; o coordenador do Movimento Chega de Descaso, Leandro Farias; e a advogada do Instituto de Defesa do Consumidor, Joana Cruz. 
Plenário a definir

14h30 
Comissão especial sobre as Licitações (Lei 8.666/93) 
Audiência pública com o presidente da Associação Nacional das Empresas de Obras Rodoviárias, José Alberto Pereira Ribeiro; o presidente do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo, Cleiton de Castro Marques; e o presidente do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia, José Tadeu da Silva. 
Plenário 11

14h30
Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público 
Audiência pública com os ministros-chefes da Controladoria-Geral da União, Valdir Moysés Simão; e da Advocacia-Geral da União, Luís Inácio Adams, para prestarem esclarecimentos sobre a proposta do acordo de leniência entre o governo e as empresas envolvidas nas irregularidades da Petrobras, investigadas na Operação Lava Jato da Polícia Federal, bem como o impacto desse acordo no índice de desemprego do País. 
Plenário a definir

14h30
Comissão Especial sobre a Maioridade Penal (PEC 171/93) 
Audiência pública com o coordenador-executivo do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), Cláudio Augusto Vieira da Silva; e com o cantor e compositor Amado Batista. Em seguida, haverá votação de requerimentos.
Plenário 13

14h30 
Comissão de Cultura 
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 10

15 horas 
Comissão de Turismo
Audiência pública sobre a despoluição da baía da Guanabara e da Lagoa Rodrigo de Freitas, palco de eventos esportivos nas Olimpíadas 2016. 
Foram convidados, entre outros, o presidente em exercício da Autoridade Pública Olímpica, Marcelo Pedroso; o secretário de Meio Ambiente do Rio de Janeiro, André Corrêa; e o secretário de Turismo do Rio de Janeiro, Nilo Sérgio Felix.
Plenário 5

15 horas 
Comissão do Esporte
Audiência pública para debater o legado esportivo dos Jogos Olímpicos. 
Foram convidados, entre outros, o ministro do Esporte, George Hilton; e o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão.
Plenário 4

16 horas
Votações em Plenário
Sessão ordinária para discussão e votação da reforma política (PECs 182/07 e outras).
Plenário Ulysses Guimarães

17 horas 
Frente Parlamentar contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes 
Lançamento da frente.
Plenário 1

QUINTA-FEIRA (28)

9 horas
Votações em Plenário
Sessão extraordinária para discussão e votação da reforma política (PECs 182/07 e outras).
Plenário Ulysses Guimarães

9h30 
Comissão do Esporte
Audiência pública sobre a participação do Brasil no Jogos Pan-americanos e Parapan-americanos de Toronto de 2015 e sobre os preparativos e treinamentos de modalidades desportivas brasileiras para os Jogos Olímpicos de 2016.
Foi convidado o superintendente executivo de Esportes do Comitê Olímpico Brasileiro, Marcus Vinicius Freire. 
Plenário 4

9h30
Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado
Audiência pública para debater os aspectos legais da audiência de custódia, sua aplicabilidade, eficácia e consequências no aspecto global da segurança pública.
Foram convidados, entre outros, da secretaria de Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça, Flávio Crocce Caetano; o presidente da Associação Nacional dos Magistrados Estaduais, Antônio Sbano; e a presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público, Norma Angélica Cavalcanti.
Plenário 6

9h30
Comissão de Seguridade Social e Família
Audiência pública para discutir a epidemia de dengue no País e o desenvolvimento de vacina contra a doença. 
Foram convidados, entre outros, o diretor presidente substituto da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Ivo Bucaresky; e o diretor da Divisão de Ensaios Clínicos e Farmacovigilância do Instituto Butantan, Alexander Precioso.
Plenário a definir

9h30
Bancada Feminina 
Pauta Feminina: Mortalidade Materna e o Impacto sobre as Mulheres Negras.
Plenário 8

10 horas
Comissão Geral
Sessão de debate em Plenário com o ministro do Esporte, George Hilton, para esclarecimentos relativos à pasta.
Plenário Ulysses Guimarães

10 horas
Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural 
Audiência pública sobre programas de incentivo na área agropecuária mantidos pelo BNDES e seus reflexos na agricultura familiar.
Foram convidados, entre outros, o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Luciano Coutinho; e o diretor do Departamento de Economia Agrícola da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Wilson Vaz de Araújo. 
Plenário 6

10 horas
Comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; e de Minas e Energia
Audiência pública sobre o potencial de energia solar e os incentivos para seu desenvolvimento no Brasil. 
Foram convidados, entre outros, a coordenadora da Campanha de Clima e Energia do Greenpeace, Bárbara Rubim; o chefe da Divisão de Energia da Universidade de São Paulo (USP), Roberto Zilles; e o presidente da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica, Nelson Colaferro. 
Plenário 8

10 horas
Comissão de Viação e Transportes
Audiência pública para tratar de problemas relacionados ao transporte escolar. 
Foram convidados, entre outros, a representante do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Juliana Santos da Cruz; e a assessora da Diretoria de Avaliação da Conformidade do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), Maria Aparecida Martinelli. 
Plenário 10

10 horas
Comissão especial sobre o Estatuto da Família (PL 6583/13) 
Audiência pública sobre a redução da maioridade penal e suas consequências para as famílias que possuem filhos nessas condições.
Foram convidados, entre outros, o conselheiro tutelar no Distrito Federal Clemildo Sá.
Plenário 11

16 horas
Votações em Plenário
Sessão ordinária para discussão e votação da reforma política (PECs 182/07 e outras).
Plenário Ulysses Guimarães

SEXTA-FEIRA (29)

9h30
Comissão de Turismo
Seminário: Turismo com fator de desenvolvimento. 
Centro de Formação do Professorado de Itu (SP)

14 horas
Comissão externa sobre a transposição do rio São Francisco 
Seminário: Integração das Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrionoal com a Transposição do Rio São Francisco. 
Auditório do Hotel Villa Oeste – Mossoró (RN).

PRESIDENTE DA CÂMARA DOS DEPUTADOS EDUARDO CUNHA DESMENTE SHOPPING: 'COISA DE ADVERSÁRIOS'


Pelo Twitter, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, negou e atribuiu a "adversários" as informações de que ele estaria autorizando a construção de um shopping center nas dependências da Casa; "É importante esclarecer que não existe essa história de shopping na Câmara. Essa colocação é pura maldade dos adversários. Minha promessa de campanha foi de fazer o anexo 5, e isso faremos de qualquer forma, com ou sem a concessão. Os que têm ressentimento da eleição fazem campanha tentando desqualificar a possibilidade de fazer obra sem dinheiro público. Alguns tiveram a oportunidade de fazer e nada fizeram".


Fonte: Jornal 247. 

Brasília 247 - Em seu perfil no Twitter, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), negou e atribuiu a "adversários" as informações de que ele estaria autorizando a construção de um shopping center nas dependências da Casa. 

"É importante esclarecer que não existe essa história de shopping na Câmara. Essa colocação é pura maldade dos adversários. A Câmara tem necessidade de obras no anexo 4 e tem necessidade de abrir áreas para os trabalhos legislativos. Faltam plenários de comissões. O objetivo é reformar anexo 4, construir uma nova ala para transferir os gabinetes do anexo 3 e criar áreas comuns. O que se fez foi uma PMI (proposta de manifestação de interesse) para que, em havendo interessados, se possa se fazer projeto incluindo exploração de área da Câmara", disse Cunha.

Na quarta-feira (20) o plenário da Câmara aprovou a continuidade do projeto que além de novos gabinetes, prevê construção de um centro de compras, conforme diziam os próprios deputados. 

Contudo, Cunha garante que o será construído é apenas um estacionamento com 5 mil vagas.

"Essa área e completamente fora da Câmara e nada tem a ver com a sede da Câmara. Havendo interessados, a ideia é a concessão dessa área além de estacionamento para 5 mil carros, para o concessionário arcar com custo. Assim a Câmara faria a obra necessária e construiria o que precisa construir sem gastar dinheiro público. Não tem nada de shopping, e depois, essa área concedida ao fim da concessão iria para o patrimônio da Câmara.

Apesar da polêmica, o deputado afirma que mesmo que não haja manifestação de interesse para que as obras aconteçam pela iniciativa privada, ele construirá o anexo 5 da Câmara. Sem citar nomes, ele voltou a atribuir as informações de construção de shopping a adversários ressentidos.

"A minha promessa de campanha foi de fazer o anexo 5, e isso faremos de qualquer forma, com ou sem a concessão. Os que têm ressentimento da eleição fazem campanha tentando desqualificar a possibilidade de fazer obra sem dinheiro público. Alguns tiveram a oportunidade de fazer e nada fizeram. Eu não deixarei de cumprir a minha promessa, que é atender às necessidades da Câmara".

COMEÇAM HOJE, SEGUNDA-FEIRA (25) INSCRIÇÃO DO ENEM


As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começam hoje (25), exclusivamente pela internet, no site do Enem. Os interessados podem se inscrever a partir das 10h, no horário de Brasília, até as 23h59, do dia 5 de junho. As provas serão aplicadas nos dias 24 e 25 de outubro em mais de 1,7 mil municípios em todo o país. O Ministério da Educação (MEC) espera que mais de 9 milhões de pessoas se candidatem aos testes.

O Enem foi criado para avaliar os alunos que estão concluindo o ensino médio ou que já o concluíram em anos anteriores. Não importa a idade nem o ano do término do curso, basta que o interessado faça sua inscrição na página eletrônica do Enem. Estudantes que não terminarão o ensino médio este ano, podem participar como treineiros, ou seja, o resultado não poderá ser usado para particiopar de programas de acesso ao ensino superior. 


Neste ano, para fazer a inscrição o participante deverá ter um e-mail próprio. O sistema não aceitará a inscrição de mais de um participante com o mesmo endereço eletrônico. O exame custará R$ 63, que deverão ser pagos até o dia 10 de junho.

Estudantes que vão concluir o ensino médio este ano em escolas públicas e participantes que declararem carência são isentos da taxa. Podem solicitar a isenção por carência, aqueles que tem uma renda renda familiar por pessoa igual ou inferior a um salário mínimo e meio e que cursaram o ensino médio completo em escola da rede pública ou como bolsista integral em escola da rede privada. As informações devem ser comprovadas pelos participantes e receber a aprovação do MEC. O participante deve acompanhar na página de inscrição se o pedido de isenção foi aceito.

É também na inscrição que os participantes podem solicitar atendimento especializado ou específico. O atendimento especializado é oferecido a pessoas com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual, surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, autismo, discalculia (alteração neurológica que dificulta a aprendizagem de números) ou com outra condição especial.

Já o atendimento específico é oferecido a gestantes, lactantes, idosos, estudantes em classe hospitalar e sabatistas – pessoas que, por convicção religiosa, guardam o sábado.

Após fazer a inscrição, participantes transexuais e travestis podem pedir o uso do nome social, também pela internet, entre os dias 15 e 26 de junho.

ACIDENTE MATA O MATEMÁTICO PREMIO NOBEL DE ECONOMIA JOHN FORBES NASH, QUE INSPIROU O FILMA UMA MENTE BRILHANTE



Morreu ontem (24) nos Estados Unidos, o Prêmio Nobel de Economia, John Forbes Nash. Ele foi responsável por tornar mais amplo o entendimento sobre a teoria dos jogos, popularizando o seu uso além do campo da matemática.


Fonte: Agencia Brasil. 

De acordo com a polícia, Nash morreu em um acidente de carro, no estado de Nova Jersey, enquanto viajava com a esposa, que também morreu. O economista, que inspirou o filme Uma Mente Brilhante, tinha 86 anos.

O acidente aconteceu perto da comunidade de Monroe, após o táxi em que Nash viajava perder o controle quando tentava ultrapassar outro automóvel e se chocar contra uma mureta. As autoridades disseram que o acidente não resultou na morte de outros envolvidos.

Nash ganhou o Prêmio Nobel de Economia em 1994 por expandir a chamada teoria dos jogos, criada pelos matemáticos John Von Neumann e Oskar Morgenstern, ao apresentar resultados diferentes para a soma zero.

O trabalho de Nash chegou ao entendimento de que os atores envolvidos em uma determinada interação poderiam lucrar ao mesmo tempo, e que, na realidade, as vitórias de uma das partes não poderiam equivaler necessariamente à perda da outra parte. A descoberta abriu caminho que a aplicação da teoria em variadas disciplinas, além daquelas diretamente ligadas aos mercados econômicos.

Durante boa parte de sua vida, Nash sofreu em razão da esquizofrenia, da qual conseguiu se recuperar. Sua luta com o transtorno psiquiátrico inspirou o filme Uma Mente Brilhante, que ganhou um Oscar de melhor filme entre outros prêmios da academia de cinema norte-americano, em 2001.

domingo, 24 de maio de 2015

CARIOCAS PEDEM PAZ EM PROTESTO CONTRA MORTE DE CICLISTA E MÉDICO JAIME GOLD ESFAQUEADO NA ÚLTIMA QUARTA-FEIRA (20)



Um protesto hoje (24) na região da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio, lembrou a morte do médico Jaime Gold, esfaqueado na última quarta-feira (20) no local; os manifestantes levavam cartazes com pedidos de paz e de mais segurança; muitos foram de bicicleta, em homenagem ao médico que pedalava quando foi atingido; "Nosso movimento é por segurança. Não é só para os ciclistas, para os corredores. Não está restrita a bairros nem a divisões geográficas da cidade. É para todos e por todos", disse a advogada Ana Paula Cavalcante, uma das organizadoras do protesto.


Fonte: Agência Brasil

Um protesto hoje (24) na região da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio, lembrou a morte do médico Jaime Gold, esfaqueado na última quarta-feira (20) no local. Os manifestantes levavam cartazes com pedidos de paz e de mais segurança na cidade. Muitos foram de bicicleta, em homenagem ao médico que pedalava quando foi atingido.

A ciclovia da lagoa é muito movimentada, e as ocorrências de roubo têm aumentado. "Nosso movimento é por segurança. Não é só para os ciclistas, para os corredores. Não está restrita a bairros nem a divisões geográficas da cidade. É para todos e por todos. [Pedimos] segurança pública e atenção ao cidadão acima de tudo. Queremos nosso direito de ir e vir, sem medo de ser assassinado", disse a advogada Ana Paula Cavalcante, uma das organizadoras do protesto.

Alguns manifestantes levavam rodas de bicicleta com panos brancos amarrados, lembrando a morte de Gold. Segundo as investigações, ele foi abordado por dois menores, que o esfaquearam e roubaram sua bicicleta. Um dos suspeitos foi preso, mas não confessou o crime.

"Este movimento foi criado por pessoas comuns, revoltadas e preocupadas com a situação. Ultrapassou os limites do bom-senso, de a gente esperar o Poder Público fazer alguma coisa. Temos que reforçar a ideia de que precisamos de segurança para resgatar nosso direito de ir e vir. As pessoas querem simplesmente viver em paz", desabafou a profissional de saúde Márcia Veiga.

O jornalista Andrei Bastos fez questão de participar do ato, mesmo de cadeira de rodas. Ele é pai do jovem Alex Shomaker Bastos, morto num assalto, em janeiro deste ano, quando aguardava um ônibus, em frente ao campus da Praia Vermelha da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). "Meu filho foi assassinado, vítima da incúria dos governantes, que não providenciaram segurança no local onde ele foi morto. Esta manifestação é da sociedade civil, que deve se organizar para obrigar os governantes a fazerem o que deve ser feito. E não é a redução da maioridade penal que vai resolver o problema da violência. Os menores devem estar nas escolas."

Os manifestantes fizeram uma parada para discursos e cantaram o Hino Nacional no local onde o médico foi esfaqueado pelos ladrões. No lugar foram afixados diversos cartazes lembrando a morte do médico e contestando a violência no Rio. O chão foi tingido de vermelho e uma bicicleta pintada de preto foi presa à grade.

LUCIANO HUCK, ANGÉLICA E FAMÍLIA 'PASSAM BEM' APÓS EXAMES, INFORMOU A SANTA CASA DE CAMPO GRANDE - MT

Diretor da Santa Casa de Campo Grande - MT

A Santa Casa de Campo Grande informou em nota divulgada por volta das 15h deste domingo (24) que não foi "diagnosticado nada grave" em nenhum dos pacientes atendidos após o pouso forçado de um avião neste domingo (24).


Texto e foto: G1 MT.

Os apresentadores Angélica e Luciano Huck, além dos três filhos e duas babás, estavam na aeronave que pousou em uma fazenda a cerca de 30 km de Campo Grande.

No começo da tarde, a diretora técnica da Santa Casa, Priscila Alexandrino, disse que havia suspeita que Angélica tivesse sofrido fratura na bacia e, Luciano Huck, em uma vértebra.

Mais tarde, em nota, o hospital divulgou que a família passou por "exames de raio-x, tomografia e demais procedimentos" e todos passam bem. A pedido dos familiares, ainda segundo a nota, não serão divulgadas novas informações sobre o quadro clínico dos pacientes.

Segundo a diretora da Santa Casa, os resultados dos exames eram aguardados para definir a transferência para São Paulo.

EXAMES NA SANTA CASA:

Angélica chegou ao hospital em uma maca e Huck caminhando com dificuldades. As babás foram os passageiros que sofreram ferimentos de menor intensidade. Um dos filhos reclamava de dor de cabeça e teve ferimentos no rosto.

Os feridos foram atendidos por profissionais da neurologia, cardiologia, clínica geral e pediatria dentro do Sistema Único de Saúde (SUS).

O piloto José Flávio de Souza Zanatto também foi atendido na Santa Casa e passa bem.

O copiloto Osmar Frattini, de 52 anos, foi socorrido por helicóptero da Força Aérea e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Universitário. Não havia detalhes sobre seu estado clínico.

VEJAM O VÍDEO - O HOMENAGEM DO BLOG ALVARO NEVES "O ETERNO APRENDIZ" AOS SOLDADOS DA RAINHA QUE SÃO COMPONENTES DA GLORIOSA INFANTARIA DO EXERCITO BRASILEIRO


Origem do Dia da Infantaria Brasileira os soldados que tem como missão ver o brilho dos olhos dos seus inimigos:

O Dia da Infantaria é comemorado no dia 24 de maio pois é na data do aniversário do seu patrono, Antônio de Sampaio.

Sampaio passou por diversos cargos no Exército, foi de alferes a brigadeiro, e por ter dedicado toda sua vida a Infantaria. Em 1940 ele foi declarado o Patrono da Arma de Infantaria do Exército Brasileiro.










Todos os loucos estão na infantaria mais nem todos os infantes são loucos! 

Brasil! 
Acima! 
De tudo!!




FOTO DO MOMENTO DO RESGATE DO APRESENTADOR LUCIANO HUCK, ANGÉLICA, FILHOS, BABÁS E A TRIPULAÇÃO APÓS A PANE DO AVIÃO





A foto acima é o trabalho do fotógrafo  Cléber Gellio, registrando o momento em que o apresentador Luciano huck, Angélica, filhos, babás e a tripulação após a pane do avião que ocorreu na manhã deste domingo (24), na área de uma fazenda a cerca de 30 km de Campo Grande no Estado do Mato Grosso do Sul. São resgatados pelo Corpo de Bombeiro. 

AVIÃO COM LUCIANO HUCK, ANGÉLICA, FILHOS, BABÁS E TRIPULAÇÃO SOFRE PANE E REALIZA UM POUSO FORÇADO NO ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL

     Foto do momento do resgate do Luciano Huck, Angelica, filhos e Babás e tripulação / Fotografo Cleber Gellio. 


Fonte: G1 MT.

O avião que fez pouso forçado em fazenda levava Angélica, Huck, filhos, babás e a tripulação um total de nove pessoas. Uma aeronave de pequeno porte fez um pouso forçado na manhã deste domingo (24) na área de uma fazenda a cerca de 30 km de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul.

Estavam no bimotor o casal de apresentadores Angélica e Luciano Huck, acompanhado dos três filhos e de duas babás. A tripulação era composta por um piloto e um copiloto.

Segundo a assessoria da Santa Casa de Campo Grande, Angélica sofreu escoriações. Todos passam bem e foram submetidos a exames. A família deve seguir ainda neste domingo para São Paulo.

COMO FOI O ACIDENTE:

De acordo com o Corpo de Bombeiros e com a Aeronáutica, o pouso forçado ocorreu em uma propriedade nas imediações da rodovia MS-080, na saída para a cidade de Rochedo.

A aeronave tinha decolado de Estância Caimam, em Miranda, perto de Bonito, e seguia para Campo Grande. Perto da aproximação para o pouso, às 10h52, o piloto avisou à Torre de Controle em Campo Grande que estava em situação de emergência e que faria pouso forçado.


RESGATE DOS FERIDOS:

O Coronel Hudson Farias de Oliveira, do Corpo de Bombeiros, informou que os feridos foram levados em quatro carros dos bombeiros e ao menos um deles foi resgatado de helicóptero. Segundo o coordenador do Samu, Eduardo Cury, o copiloto foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Universitária.

MODELO DO AVIÃO:

Segundo a Aeronáutica, o avião envolvido no acidente é um Embraer, modelo 820C, matrícula PT-ENM. A aeronave pertence à empresa MS Táxi Aéreo.

O avião estava com a documentação regular, segundo registros disponibilizados no site da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A inspeção anual de manutenção tinha validade até 12 de junho de 2015.

INVESTIGAÇÃO:

Um helicóptero da Base Aérea de Campo Grande foi enviado para apoiar nos trabalhos e acompanhar a investigação. No fim da manhã, técnicos do Quarto Serviço de Prevenção e Investigação de Acidentes (SEPIPA 4) já foram deslocados para realizar a perícia e conduzir as apurações.

GRAVAÇÕES DE ESTRELAS:

A apresentadora Angélica e a equipe estavam em Mato Grosso do Sul  para realizar gravações para o programa Estrelas, da TV Globo. De acordo com o GShow, a apresentadora grava nova temporada especial no Pantanal.

A produção levou convidados para apresentar receitas locais, realizar safári fotográfico e conduzir apresentações musicais. Rodrigo Simas, Daniel Rocha, Cristiano Araújo, Munhoz & Mariano foram alguns dos convidados.

Nas redes sociais, o casal registrou a viagem. Angélica publicou em sua conta no Instagram que estava a caminho de gravações no Pantanal na terça-feira (19). "Partiu!", escreveu.

Acompanhando Angélica, Luciano Huck publicou foto da apresentadora no Pantanal na sexta-feira (22). "Minha pantaneira", brincou. E no sábado (23), o apresentador colocou no ar um vídeo da paisagem do local. "Que lugar lindo", afirmou.

O EX-DEPUTADO BERNARDO ARISTON AO OPINAR SOBRE O MODELO POLÍTICO DISTRITÃO ABRE UMA PROFUNDA REFLEXÃO



O ex-deputado Bernado Ariston, com raizes políticas  profundas na Região dos Lagos, Bacharel em Direito, Jornalista, Radialista e Ex-Deputado Federal. Com com uma visão futurista do cenário  político brasileiro.  Abre nas rede sociais uma importante discussão sobre Modelo Político Distritão ao afirmar: 

_"Distritão é golpe !!!"

Ao expor sua visão contundente sobre o tema, fez questão de deixar claro aos milhares de seguidores da sua Fan Page, se caso o Modelo Político Distritão for aprovado, somente os poderosos e famosos serão eleitos, sobretudo porque nesse país só se elegem aqueles que tem muito recurso para gastar ou aqueles que estão na máquina pública. 

Ao analisar o posicionamento do Ex-Deputado Bernardo Ariston o Blog Alvaro Neves "O Eterno Aprendiz" pergunta aos amigos internautas: 

Será essa reforma política que o Brasil precisa e deseja?"

Vale a pena ressaltar que o Plenário da Câmara dos Deputados dedicará todas as sessões deliberativas, de terça-feira (26) a quinta-feira (28), para a discussão e votação da reforma política (PECs 182/07 e outras). Na segunda-feira (25), a reunião de líderes partidários definirá os procedimentos para a votação da matéria, que deverá ser analisada por partes.

Segundo o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, os temas poderão seguir a seguinte ordem: 

Sistema eleitoral; financiamento de campanhas; proibição ou não da reeleição; duração dos mandatos de cargos eletivos; coincidência de mandatos; cota de 30% para as mulheres; fim da coligação proporcional; e cláusula de barreira.

Se prevalecer essa ordem, o Plenário analisará primeiro o chamado “distritão”, modelo que acaba com o atual sistema proporcional para eleição de deputados e vereadores e determina a eleição dos mais votados pelo sistema majoritário.

Caso o “Distritão” venha conseguir o 308 votos, o Plenário passará para o próximo tema, o financiamento. Do contrário, o Plenário discutirá uma outra opção de sistema, o distrital misto, em que parte das vagas será preenchida pelo sistema proporcional e o restante pelo sistema majoritário. Se esse tema perder, será analisado então o sistema de listas partidárias. E se os três modelos forem rejeitados, mantém-se o atual.

O BRASIL PRECISA CONSTRUIR 64 MIL BIBLIOTECAS ESCOLARES E SALA DE LEITURAS ATÉ 2020, PARA CUMPRIR META



O Brasil precisa construir mais de 64,3 mil bibliotecas em escolas públicas até 2020 para cumprir a meta de universalizar esses espaços, prevista na Lei 12.244. A legislação, sancionada em 24 de maio de 2010, obriga todos os gestores a providenciarem um acervo de, no mínimo, um livro para cada aluno matriculado, tanto na rede pública quanto privada. A cinco anos do fim do prazo, 53% das 120,5 mil escolas públicas do país não têm biblioteca ou sala de leitura. A contar de hoje, seria necessário levantar e equipar mais de 1 mil bibliotecas por mês para cumprir a lei.

Fonte: Agência Brasil.

O levantamento foi feito pelo portal Qedu, da Fundação Lemann, a pedido da Agência Brasil, com base em dados do Censo Escolar 2014 – levantamento anual feito em todas as escolas do país. Esses são os últimos números disponíveis e trazem informações tanto de instituições de ensino fundamental quanto de ensino médio.

Os dados mostram grande disparidade regional na oferta de bibliotecas escolares. Enquanto na Região Sul 77,6% das escolas públicas têm biblioteca, na Norte apenas 26,7% das escolas têm o equipamento e na Nordeste, 30,4%. No Sudeste, esse índice é 71,1% e no Centro-Oeste, 63,6%.

O Maranhão é o estado com menor índice de bibliotecas escolares – apenas 15,1% das escolas tem o equipamento – seguido pelo Acre (20,4%) e pelo Amazonas (20,6%). Na outra ponta do ranking, estão o Distrito Federal (90,9%), o Rio Grande do Sul (83,7%) e o Rio de Janeiro (79,4%).

A Agência Brasil não conseguiu entrar em contato com a Secretaria de Educação do Maranhão. As secretarias do Amazonas e do Acre não responderam ao pedido da reportagem.

De acordo com o levantamento, também há diferenças na oferta de bibliotecas entre as escolas de ensino médio e fundamental. Em melhor situação, 86,9% das escolas públicas de ensino médio públicas têm bibliotecas ou salas de leitura. No ensino fundamental, entretanto, o índice cai para 45%.

O coordenador de projetos da Fundação Lemann, Ernesto Martins Faria, explicou que, na edição de 2014, o Ministério da Educação (MEC), responsável pelo Censo Escolar, juntou os dados de sala de leitura e bibliotecas, ao passo que, em anos anteriores, esses números eram descritos de forma separada. Por esse motivo, não é possível comparar a evolução dos dados com anos anteriores.

“A gente tem que pensar especificações que garantam que a criança tenha ambientes propícios para praticar a leitura. É pouco viável, do ponto de vista orçamentário e de factibilidade, a universalização das bibliotecas [no prazo estipulado em lei]. Temos que pensar como promover mais espaços para leitura e disponibilizar mais conteúdos para os alunos”, disse Faria.

Para a diretora de educação e cultura do Instituto Ecofuturo, Christine Fontelles, faltam  recursos para todas as áreas da educação e, por esse motivo, a leitura não costuma estar entre as prioridades dos gestores. Coordenadora do projeto Eu Quero Minha Biblioteca, que ajuda professores, diretores, pais e alunos a requisitar e implantar bibliotecas nas escolas, ela ajuda na articulação com as secretarias de Educação e o MEC.

“O fato central é que não se dá importância para a biblioteca. Nós somos um país que não dá valor para a biblioteca, que ainda não tem a noção de que a educação para a leitura é uma coisa que deve acontecer desde sempre, e que a biblioteca pública é o equipamento fundamental para que famílias e escolas possam desenvolver essa habilidade no jovem”, defendeu Christine em entrevista à Agência Brasil.

Segundo ela, é preciso que a biblioteca tenha papel central dentro da escola. “O país perde um grande tempo ao não munir as escolas desse equipamento e não promover uma campanha de expressão nacional para que as famílias se envolvam na formação leitora das crianças. É importante que a biblioteca seja a casa do leitor, não um depósito de livro”, afirmou.

Para o presidente do Instituto Pró-Livro, Antônio Luiz Rios, uma biblioteca na escola contribui para a formação literária, melhora a escrita, o vocabulário e é fundamental para a formação do cidadão.

“O hábito da leitura começa em casa, com a família. Mas é preciso seguir nas escolas, com acervo interessante e profissionais capacitados. Sem uma base leitora forte, o aluno não tem uma boa formação”, acredita. “Com a leitura, o cidadão pode ter acesso a todo o conhecimento humano, ele não é mais guiado, tem a possibilidade crítica. O Brasil ainda não despertou para a importância da leitura”, acrescentou Rios.

De acordo com a pesquisa Retrato da Leitura no Brasil 2012, feita pelo Instituto Pró-Livro, as bibliotecas escolares estão à frente de qualquer outra forma de acesso ao livro para crianças e adolescentes de 5 a 17 anos.

O Ministério da Educação informou que a instalação de bibliotecas é uma responsabilidade das escolas. De acordo com a assessoria da pasta, as instituições de ensino públicas recebem recursos federais para investimento em estrutura e cabe à escola decidir como gastar esse dinheiro.

O BRASILEIRO VITOR BELFORT NÃO SUPERA A FRIEZA E A TÉCNICA DE QUEDAS E SOLO DO SEUS OPONENTE CHRIS WEIDMAN SENDO NOCAUTEADO NO PRIMEIRO ROUNDS




Aconteceu na madrugada desse domingo o UFC 187, diretamente do MGM Grand Garden Arena em Las Vegas (EUA).


Fonte: Clicrb. 

O público lotou completamente a Arena e presenciou excelentes duelos, marcando uma edição de grande sucesso.

A luta principal contou com a disputa do Cinturão Vago dos meio-pesados entre os americanos Daniel Cormier  e Anthony Johnson. 

Com uma estratégia definida, Cormier superou o difícil golpe (swing) recebido no primeiro round até colocar o seu ótimo e eficiente jogo de quedas ao finalizar Anthony Johnson com um mata-leão no terceiro assalto, conquistando o Cinturão Vago dos meio-pesados, título deixado por Jon Jones – suspenso por tempo indeterminado do MMA.

Na segunda luta mais importante, o campeão dos médios Chris Weidman defendeu o seu reinado nos médios pela terceira vez contra Vitor Belfort. 

No 1º round, Vitor acerta uma forte sequência de golpes e Weidman tem um corte no olho esquerdo. Em seguida, o campeão encurta e bota a luta para o solo, onde monta e golpeia o brasileiro até o árbitro Herb Dean interromper o combate e decretar a vitória americana.

Destaque para o duelo de pesados entre  Andrei Arlovski  e  Travis Browne que pode ser considerado como um dos mais emocionantes combates da história.  Após domínio na trocação, Arlovski nocauteou Browne no assalto inicial, apesar de levar um susto ao receber um cruzado de direita. Que luta e que vitória de Arlovski.

No Card preliminar, o brasileiro Rafael Sapo Natal enfrentou o duro Uriah Hall pelos médios. Após um sufoco na trocação no assalto inaugural, Sapo conseguiu se impor nos rounds seguintes, vencendo por decisão dividida, em um embate muito equilibrado.

Confira os resultados completos:

- Daniel Cormier finalizou Anthony Johnson com um mata-leão no 2º round (título vacante meio-pesados).

- Chris Weidman nocauteou Vitor Belfort no 1º round (título médios). 

- Donald Cerrone nocauteou John Makdessi (quebrou a mandíbula)  no 2º round.

- Andrei Arlovski nocauteou Travis Browne no 1º round.

- Joseph Benavidez venceu John Moraga por decisão unânime
Lutas Preliminares.

- John Dodson venceu Zach Makovsky por decisão unânime.

- Dong Hyun Kim finalizou Josh Burkman com um katagatame no 3º round. 

- Rafael Sapo Natal venceu Uriah Hall por decisão dividida.

- Colby Covington venceu Mike Pyle por decisão unânime.

- Islam Makhachev finalizou Leo Kuntz com um mata-leão no 2º round. 

- Justin Scoggins venceu Josh Sampo por decisão unânime.

- Nina Ansaroff vs. Rose Namajunas (luta cancelada).

MEMBROS DO GOVERNO TEMEM AS SAÍDA DO MINISTRO JOAQUIM LEVY



Membros do governo temem a saída do Ministro da Fazenda Joaquim Levy, ele não estava presente ao anúncio do corte de R$ 69,9 bilhões no orçamento; o motivo oficial era uma gripe, mas o fato é que ele se desentendeu com Nelson Barbosa, ministro do Planejamento; na quarta-feira (20), um grupo composto por 11 senadores da base governista, incluindo os petistas Linfdberg Farias (RJ) e Paulo Paim (RS), assinou um manifesto contra o ajuste fiscal; além disso, o ex-presidente Lula relatou à presidente Dilma os temores do empresariado em relação ao ajuste; saudado pelo mercado financeiro, Levy vive dias difíceis em Brasília; para o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que aposta na sua queda, ele é um "estranho no ninho" petista.




Fonte: Jornal 247.

Com apenas cinco meses no Ministério da Fazenda, o economista Joaquim Levy já começa a experimentar o chamado fogo amigo. Um grupo de 11 senadores, incluindo dois petistas, foi responsável por adiar na quarta-feira (20) a votação da MP (medida provisória) 665, que, entre outros ajustes, restringe o acesso ao seguro-desemprego e modifica as regras para concessão do abono salarial. Quem iniciou a discussão com críticas às medidas do governo foi o senador Lidbergh Farias, do PT do Rio de Janeiro. 

Intitulado 'Manifesto pela Mudança na Política Econômica e Contra o Ajuste', o documento teve apoio ainda de outro senador do PT, Paulo Paim (RS). Além dele e de Lindbergh, assinaram o manifesto ainda os senadores Cristóvam Buarque (PDT-DF), Marcelo Crivella (PRB-RJ), Roberto Requião (PMDB-PR) e Hélio José (PSD-DF), todos de partidos da base do governo.

De legendas 'independentes', assinaram os senadores Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e os do PSB Antonio Carlos Valadares (SE), Lídice da Mata (BA), João Capiberibe (AP), Roberto Rocha (MA).

Os petistas e a maioria dos membros da base aliada, tanto na Câmara quanto no Senado, não dão sinais de abandonar a presidente Dilma Rousseff diante da turbulência pela qual passa a economia. Mas cabe a Levy, além do ônus por ser quem anuncia as medidas mais impopulares neste segundo mandato de Dilma, a atenção dos parlamentares. Petistas como Lindbergh e Tarso Genro (ex-governador do Rio Grande do Sul) já defendem abertamente a saída do ministro.

A última prova de fogo de Joaquim Levy aconteceu ontem (22), com anúncio do corte de R$ 69,9 bilhões do Orçamento Geral da União previsto para este ano. A medida afeta significativamente áreas como saúde e educação e mexe com programas como o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), inclusive no Minha Casa, Minha Vida, um dos carros-chefe do governo. E pesa aí mais importante fato contra o ministro: ele não estava presente. Oficialmente, a justificativa foi a de quem uma gripe o acomete. Mas nos bastidores, as informações dão conta de que ele se desentendeu com Nelson Barbosa, ministro do Planejamento.

"A posição do governo, expressa pelo Ministério da Fazenda, está concentrada exclusivamente numa política de ajuste fiscal, que além de insuficiente, pode deteriorar ainda mais o quadro econômico brasileiro. O quadro de desequilíbrio fiscal das contas do governo não é responsabilidade dos mais pobres, trabalhadores, aposentados e pensionistas", diz o manifesto dos senadores lido por Lindberg Farias. O documento critica as duas principais medidas provisórias editadas pelo governo no contexto de ajuste fiscal, a 664 e a 665.

De forma muito menos ofensiva, mas de efeito não contestável, pela pessoa que a fez, uma crítica do ex-presidente Lula fez incendiar o inferno astral de Levy. Também na quarta-feira (20), ele afirmou que as MPs tinham "defeitos" que podiam ser "corrigidos" por negociações com os trabalhadores. Mas em política, embora às vezes pareça, nada é em vão. No contexto, vale lembra que foi Lula o maior entusiasta da candidatura de Lindbergh a governador do Rio em 2014.

Oposição aproveita pronunciamentos de Levy nas chamadas medidas impopulares

Não bastasse o fogo amigo, o ministro da Fazenda tem contra si ainda, claro, a oposição, cuja liderança é do PSDB do senador Aécio Neves e do ex-presidente FHC. 

Ao jornalista Tales Farias, do IG, Aécio disse que Levy é "um estranho no ninho" e que "suas contradições com o PT só tendem a aumentar". O tucano aposta que o ministro cairá. E por ação dos próprios governistas.