Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 6 de março de 2015

CABO FRIO ANTECIPA COMEMORAÇÃO DO DIA INTERNACIONAL DA MULHER




Programação organizada pela Secretaria da Mulher começou na segunda-feira e vai até o final do mês

Na semana em que a figura feminina é homenageada mundialmente, a Prefeitura de Cabo Frio antecipou a programação de comemoração do Dia Internacional da Mulher. Desde a segunda-feira (2/3), diversos eventos estão sendo organizados pela Secretaria Municipal da Mulher (SEMUL).

Nesta sexta-feira (6/3), o dia começou com o processo seletivo para estágio de serviço social da Secretaria da Mulher. Desde que a SEMUL divulgou as vagas nas universidades de Cabo Frio para o estágio, se candidataram 10 mulheres para as cinco vagas oferecidas pela secretaria. O estágio terá duração de seis meses, podendo ser renovado por mais seis meses. É necessário estar cursando, pelo menos, o quinto período do curso superior de Serviço Social.

- As candidatas que passarem vão acompanhar todo o processo do trabalho da secretaria, que sempre terá com a supervisão de uma assistente social. A estagiária acompanha tudo, atendimento, ações sociais e todos os eventos que estiverem acontecendo na secretaria ela irá participar – explica Lívia Guimarães, coordenadora do CEAM (Centro de Atendimento à Mulher).

Durante todo o mês de março, o atendimento está sendo intensificado; a SEMUL promove uma série de ações e eventos especialmente destinados às mulheres do município em diversos bairros. Dentre as atividades estão previstas palestras, reuniões e roda de conversa com jovens.

- A Secretaria da Mulher vem trabalhando durante todo o ano em prol da mulher. Nessa data comemorativa não será diferente, temos uma programação extensa durante o mês, pois o dia 8 de março cai em um domingo, fica difícil fazer algo no próprio dia. Então optamos realizar as ações ao longo do mês – frisou Príscila Porto, que comanda a Secretaria da Mulher.

Príscila ressalta que a data não é apenas um momento comemorativo, mas serve para se firmarem discussões que tenham como objetivo principal à diminuição do preconceito e que tratem da importância do papel da mulher na sociedade.

Confira a programação da Secretaria Municipal da Mulher até o final de março:
11/3 – Palestra no Aeroporto de Cabo Frio, às 14:30h
12/3 – Palestra no CRAS Praia do Siqueira, às 14:30h;
13/3 – Palestra no CRAS Jardim Esperança, às 14h;
16/3 – Palestra no CAPS, às 10h;
24/3 – Roda de conversa com jovens do CRAS Jacaré, às 9h;
30/3 – Reunião com a rede de enfrentamento à mulher, às 9h
30/3 – Roda de conversa com alunas do curso de Serviço Social da Universidade Estácio de Sá, as 14h.

Texto: da Redação
Fotos: Ari dos Santos

CABOFRIENSE FICA NO EMPATE COM O LUVERDENSE PELA COPA DO BRASIL




Tricolor Praiano abriu o marcador, mas cedeu empate no segundo tempo. Jogo de volta está marcado para o dia 18

A Cabofriense estreou com empate na Copa do Brasil 2015. Jogando em casa, no estádio Correão, o Tricolor Praiano ficou no empate em 1 a 1 diante do Luverdense, de Lucas do Rio Verde (MT), nesta quinta-feira (5/3).

A Cabofriense começou melhor e abriu o marcador com Arthur Faria, logo aos 17 minutos de jogo, depois de boa jogada do meia Marcinho, que partiu em velocidade pelo lado esquerdo, driblou dois adversários e tocou para a finalização precisa de Arthur.

Depois do gol, no entanto, a Cabofriense foi gradativamente cedendo campo ao Luverdense - que joga a série B do Campeonato Brasileiro. Percebendo isso, ainda no primeiro tempo, o técnico Alfredo Sampaio fez uma mexida para tentar recuperar o domínio do setor: colocou Chiquinho na lateral-direita, tirando Yuri, e deslocando Lenon para o meio.

A mudança deu resultado: a Cabofriense conseguiu suportar a pressão do Luverdense e quase fez 2 a 0 com Marcinho, aos 42 minutos. O experiente jogador chutou uma bola no travessão. Antes, porém, o Luverdense ficou com um jogador a menos: Zé Roberto foi expulso aos 40 minutos.

No segundo tempo, Chiquinho (Cabofriense) e Júlio Terceiro (Luverdense) trocaram agressões e foram expulsos pelo árbitro paranaense Rodolpho Toski Marques. O Luverdense, mesmo com um jogador a menos, soube aproveitar melhor o fato o espaço maior em campo. O gol, no entanto, só saiu em bola parada: aos 30 minutos, Osman bateu falta na entrada da área com força e precisão e selou o 1 a 1.

Segundo Alfredo Sampaio, o empate em casa fugiu completamente do que era esperado. O objetivo do treinador era vencer com a maior vantagem possível e, claro, não sofrer gols.

- Minha intenção era tentar fazer 2 ou 3 a 0 e não tomar gol. Minha preocupação era não tomar gols. Tomar 2 a 0, em hipótese nenhuma a gente via essa possibilidade. Acho que a gente perdeu uma oportunidade de fazer um resultado melhor, apesar do Luverdense ter tido um volume melhor de jogo. Mas perdemos a oportunidade porque estávamos em casa. Agora, é decidir lá em Mato Grosso - disse.

Com o resultado a Cabofriense faz a segunda partida, dia 18 de março, no estádio Paço das Emas, em Lucas do Rio Verde, precisando de uma vitória para passar para a próxima fase da Copa do Brasil. Empate em 0 a 0 classifica o Luverdense. Novo 1 a 1 leva a decisão da vaga para os pênaltis. Qualquer outro empate também classifica o Tricolor Praiano.

Texto: Anderson Lopes
Fotos: Andreia Maciel | Assessoria de Imprensa da AD Cabofriense

VEIGA DE ALMEIDA CABO FRIO - TROTE SOLIDÁRIO AUXILIA CAPTAÇÃO DO HEMOLAGOS





Doação de sangue estimula solidariedade entre os alunos

Servir ao próximo. Este é um dos objetivos do Trote Solidário que está acontecendo, desde o início do semestre, na Universidade Veiga de Almeida (UVA), em Cabo Frio. A proposta do trote é promover a integração dos estudantes com a realidade local, por meio de ações de solidariedade, como a doação de sangue e de livros, gibis e materiais escolares para crianças. Na manhã desta sexta-feira, 6, um grupo de alunas do primeiro período de Enfermagem esteve no Hemolagos.

A técnica em segurança do trabalho Juliana dos Santos Alves já é doadora de sangue há cinco anos. Conta que começou a doar incentivada por uma campanha do curso que fez anteriormente não parou mais. Depois que um familiar precisou de sangue, compreendeu melhor a importância da doação espontânea e faz de duas a três por ano. Agora, que parte para a realização do sonho de se tornar enfermeira, deparou-se com o Trote Solidário. “Fiquei encantada com a campanha da universidade. As pessoas desconhecem o real valor da doação de sangue e eu me sinto muito bem por saber que estou ajudando alguém de forma concreta”, compartilha.

"Seguindo os passos de Juliana, as colegas Quézia Louise da Costa de Oliveira e Thaís da Silva Oliveira fizeram a primeira doação da vida estimuladas pela campanha do Trote Solidário. Quézia diz que queria doar sangue desde pequena, pois sempre acompanhou a mãe, que é enfermeira patologista, e ficava encantada com o cenário. Como tem apenas 17 anos, precisou da autorização dos pais para fazer seu gesto de solidariedade. “Meu sangue é comum, mas fico muito feliz em saber que mesmo assim a minha doação é importante para ajudar outras pessoas”, ressalta. Thaís gostou da experiência e pretende ser doadora regular. “Pensava que doar sangue era um bicho de sete cabeças, tinha medo e achava tudo muito complicado, mas agora vi que é só uma agulhadinha e a sensação é muito boa. 

Vou voltar!”, garante, com um farto sorriso nos lábios.

O Hemolagos, que atende os municípios da Região dos Lagos, além de Rio das Ostras e Casimiro de Abreu, ressalta que a participação dos calouros da Universidade Veiga de Almeida é muito importante. A unidade disponibiliza cerca de 250 bolsas por mês aos hospitais da região, mas a demanda é sempre superior, especialmente nos períodos onde o fluxo de visitantes é maior. A unidade tem capacidade de atender cerca de 30 doadores por dia com conforto e segurança e as doações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h. O agendamento pode ser feito pelo telefone (22) 2644-5076.

Educação
Os calouros também podem participar do Trote Solidário com a doação de materiais escolares, gibis e livros infantis. O diretor geral do campus, professor José Daniel Barcelos, lembra que questões como voluntariado e responsabilidade social estão intimamente relacionadas e o mercado busca profissionais com estas competências para atender às novas demandas. 

"O período de formação profissional é oportuno para que os estudantes construam um currículo diferenciado, com o maior número possível de experiências, especialmente em atividades que acrescentem valor à sua qualificação", destaca.

***

Att, 

Andréa Luiza Collet.
Diretoria Executiva de Marketing, Matrículas & Comunicação.

COMUNICADO IMPORTANTE DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE CABO FRIO: "ESTÃO AGINDO DE MÁ-FÉ!"





A Secretaria Municipal de Educação (SEME) alerta a população de que não existe e nunca existiu qualquer integrante desta Secretaria solicitando dinheiro aos comerciantes locais. A SEME recebeu denúncias de que um homem estaria se passando por funcionário da Secretaria e pedindo dinheiro, em nome da secretária de Educação, professora Elenice Martins, para financiar uma festa que seria realizada em uma praça pública.

A SEME reforça ainda que todos os eventos realizados pela Prefeitura são financiados com verbas próprias e que, caso haja qualquer pessoa procurando o comércio local com esse fim, trata-se de um golpe que precisa ser denunciado à Polícia e às autoridades competentes.

Fonte: Assessoria da Secretária Municipal da Educação de Cabo Frio

POLÊMICA - COM A PALAVRA MANOEL ATANÁSIO: "BLÁ, BLÁ, BLÁ, JÁ QUE TODOS FALAM EU TAMBÉM QUERO FALAR!"







Texto e foto: Manoel Atanásio 


*Da santidade à politicagem


- Um radialista da Rádio Boas Novas vem mudado o direcionamento de seu programa, o que outrora (segundo ele) era para abençoar vidas com um festival de louvores e palavras abençoadoras, hoje se resume a um festival de ataques ao atual governo. São tantos os ataques que qualquer hora não dará tempo para o voraz locutor dizer amém!

*Se sentido o globo

- Um jornal de uma cidade da região dos lagos que só é vendido no centro de uma cidade praiana, tá se achando. Em suas tirinha do "editorial" palavras em tom ameaçador vem alardeando suas "mudanças". (gráfica, pois ética não se adquiri com tinta pantone) Dizem por aí que essa mudança é para inglês ver, já que o conteúdo pode ser negociado. No estilo não quero saber quem matou o gato, eu quero o couro para fazer meu tamborim, o jornaleco promete fazer santo vira diabo e diabo virar santo, se for isso de fato, não haverá mudança, já que isso é praxe a mais de 25 anos.

*São Pedro sem problemas

- A Rede Record vem elogiando tanto a cidade de são pedro que estou quase convencido que por lá não tem problemas, será o efeito dos comerciais do fest verão?

*Vereança 2016?
Tem tanto pré-candidato se apresentando na cidade que se bobear vai ter vereador eleito com 10 votos

*Não siga o exemplo do juiz

Para encerrar eu deixarei essa reflexão: Quer andar de carro importado que não é seu? Faça um test drive numa concessionária de carros importados!

Bom se vocês gostarem eu continuarei com essa minha coluninha, coisa básica, já que não sou jornalista formado e nem tão pouco sei cortar cabelo!

VÍDEO - APRESENTADORA ANGELICA E A EQUIPE DA REDE GLOBO SÃO VAIADOS E EXPULSOS DA UNIVERSIDADE NO RIO



Fonte: Blog Tijolaço 

Angélica e a equipe da Globo são expulsos da faculdade Unirio sob vaias, palavras de ordem e o coro de “O povo não é bobo! Abaixo a Rede Globo!”. 

Angélica estava gravando uma reportagem para o programa “Estrelas”, com o casal sensação de “Malhação”, Isabella Santoni e Rafael Vitti. Os atores se conheceram no campus da faculdade.




PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF DEFENDE AJUSTE ECONÔMICO PARA MANTER PROGRAMAS SOCIAIS


A presidenta Dilma Rousseff defendeu hoje (6) a aplicação do ajuste econômico do governo e disse que o Brasil entra – a partir de agora - em uma nova fase de enfrentamento da crise. Segundo Dilma, diferentes medidas serão necessárias para ultrapassar a etapa atual e os ajustes têm o objetivo de manter programas sociais, emprego e renda.

Fonte: Agência Brasil 

“Estamos entrando agora em nova fase de enfrentamento da crise. Várias medidas diferentes serão necessárias. Uma nova trajetória [é necessária] para que possamos crescer. Não é que nós iremos querer voltar atrás para algum outro momento. Não. Queremos melhorar ainda mais o que nós já conquistamos. Por isso é que estamos fazendo essas correções e esses ajustes”, disse a presidenta após referir-se a crise financeira internacional de 2008.

“Estamos fazendo um imenso esforço para que o Brasil continue fazendo programas sociais, mas também amplie os investimentos, tenha uma economia próspera e continue gerando emprego e renda para toda a população. Esse esforço passa por correções. Mas as correções não são um fim em si mesmas, é para garantir programas como esses que fazemos”, acrescentou Dilma.

As declarações foram feitas durante discurso na cerimônia de entrega de unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida, em Araguari (MG). A presidenta reafirmou que a terceira etapa do programa terá a meta de contratar mais três milhões de moradias até o final de 2018. “Com isso vamos chegar bem próximos de uma perspectiva de solucionar integralmente a questão de habitação em faixas de renda mais baixas”, disse.

Em Araguari (MG), a presidenta entregou as chaves de unidades habitacionais do Residencial Bela Suíça II. Serão entregues também moradias no Residencial Bela Suíça III. No total, serão 1.472 unidades. As casas têm área privativa de 44,77 metros quadrados, dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.

GOVERNO ESTUDA MUDANÇA NO PROJETO MINHA CASA, MINHA VIDA



Fonte: Agência Brasil.

A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (6) que o Programa Minha Casa Melhor passa por revisão, em razão da taxa de inadimplência. Segundo Dilma, o governo avalia mudanças no modelo do programa, que poderá ser incluído no Minha Casa, Minha Vida. No fim de fevereiro, a Caixa Econômica Federal confirmou a suspensão do Minha Casa Melhor para novos contratos.


“Estamos revendo, porque, ao contrário do Minha Casa, Minha Vida, que tem baixa inadimplência, o Minha Casa Melhor começou com inadimplência. Então, estamos avaliando incluí-lo no Minha Casa, Minha Vida, de forma mais simples. Este é um processo de avaliação”, informou a presidenta, após participar da entrega de unidades habitacionais do Minha Casa Minha, Minha Vida em Araguari (MG).

Dilma Rousseff não descartou a possibilidade de retorno do Minha Casa Melhor ainda este ano. “Em 2011, fizemos ajustes [no Minha Casa Melhor], o que nos obrigou a começar a contratar apenas no fim do ano. Muito provavelmente vai ocorrer. A gente vai fazendo ajustes, porque tem de discutir, construir um consenso em torno destes três anos futuros”, completou a presidenta.

Lançado em 2013, o programa facilita a aquisição de móveis e eletrodomésticos para famílias inscritas no Minha Casa, Minha Vida. A Caixa oferece a cada beneficiário do programa habitacional crédito subsidiado de até R$ 5 mil, a juros de 5% ao ano e prazo de 48 meses para pagamento. A suspensão do programa não representa mudanças para beneficiários com contratos em vigor.

PROJETO "CRESCENDO COM ESPORTE" ABRE NÚCLEO DE SKATE


As aulas já começaram e acontecem todas as terças, quintas e sextas, das 16h às 21h, no skatepark Allan Mesquita, na Praia do Forte

A Prefeitura de Cabo Frio abriu as inscrições para o mais novo núcleo do projeto “Crescendo com o Esporte” na cidade. Aproveitando o sucesso que se tornou o skatepark Allan Mesquita, situado na Praia do Forte, a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer resolveu investir nessa nova modalidade.

– É com muita alegria que estamos dando início a esse novo momento no skate em Cabo Frio. Buscando alinhar com o social a modalidade esportiva que mais tem crescido em nossa cidade, como um feito inédito, apesar de todas as dificuldades estamos iniciando as aulas de iniciação ao skate para as nossas crianças. Agradecemos todos do meio esportivo pelo incentivo a buscarmos cada vez mais motivação para o crescimento do esporte em nossa Cabo Frio. Vamos de skate! – afirmou o secretário municipal de Esporte e Lazer, Alfredo Gonçalves.

As aulas já começaram e acontecem todas as terças, quintas e sextas, das 16h às 21h, no skatepark Allan Mesquita, na Praia do Forte. Podem participar os alunos na faixa-etária entre 6 e 14 anos. As inscrições podem ser realizadas na Secretaria Municipal de Esporte e Lazer e os documentos necessários no ato da matrícula são uma foto 3x4, cópia da certidão de nascimento, cópia do comprovante de residência e cópia do atestado de saúde. As aulas são gratuitas.

Texto: Téo Arrabal | Assessoria de Imprensa da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer
Foto: Divulgação SEMEL

PREFEITURA APLICA MAIS DE 5 MIL AUTOS DE INFRAÇÕES NA ALTA TEMPORADA



Trabalho da Secretaria Municipal de Ordem Pública com 498 agentes flagrou maior índice de veículos estacionados sobre calçadas e locais proibidos. Agentes apreenderam 249 veículos

A Prefeitura de Cabo Frio apertou o cerco contra irregularidades no trânsito durante o verão. Apenas de janeiro até o final do carnaval foram aplicados 5,8 mil autos de infração no total. Entre às infrações 1.394 somente de estacionamento de veículos em passeio público. Somente no carnaval, 82 veículos foram multados por estacionar em esquinas ou a menos de cinco metros do alinhamento das vias conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

De acordo com o secretário municipal de Ordem Pública (SEMOP), Renato Vianna, a Guarda Municipal trabalhou com 498 agentes. Os 281 servidores da Guarda Municipal trabalharam nas ruas de Cabo Frio e foram contratados para apoio 217 homens. O secretário avalia que o planejamento das ações foi de resultado positivo.

- Diante do planejamento que elaboramos, procuramos executa-lo com o pessoal e os equipamentos disponíveis. Atingimos os objetivos na questão do ordenamento do município, principalmente no período de carnaval, com a superlotação da cidade – explicou o secretário, enquanto apresentava as estatísticas.

Segundo as estatísticas divulgadas pela Secretaria, somente em janeiro foram registrados 3.280 autos de infração, sendo que a transgressão maior foi a de estacionar sobre passeio, total de 927 veículos, neste período. Já estacionar em local/horário de estacionamento e parada proibida por sinalização foram 481.  O estacionamento em desacordo com a regulamentação do CTB foi de 396 veículos. As irregularidades propiciaram 249 apreensões de veículos.

No período de 1º a 12 de fevereiro, a SEMOP registrou 1140 autos de infração, sendo o não uso de cinto de segurança pelos condutores. Foram 81 veículos apreendidos. Entre os dias 13 e 22 de fevereiro, período de carnaval que recebeu em torno de 800 mil pessoas, estacionar no passeio teve 235 infratores e 56 veículos estacionados ao lado/sobre o gramado ou jardim público. No total, 141 veículos passaram pelo depósito municipal em Cabo Frio, durante o carnaval.

O prefeito Alair Corrêa ressaltou a realização do trabalho de sinalização em todas as ruas de Cabo Frio, separando as vagas para idosos, deficientes e motos.

- Esses autos de infração aconteceram devido ao desrespeito dos motoristas.  Nota-se principalmente pelo estacionamento em calçadas, que teve o maior índice de multas aplicadas durante a alta temporada – disse o prefeito.

Texto: Aretuza Maia
Fotos: Ari dos Santos 

O MINISTRO E A LISTA: 'DISCRETO' e 'TÉCNICO', TEORI ZAVASCKI, DECIDE SE DIVULGA OU NÃO NOMES DE POLÍTICOS ENVOLVIDOS EM ESQUEMA DE DESVIO DA PETROBRÁS, SAIBA MAIS



Nomeado para o STF pela presidente Dilma Rousseff em 2012, ministro deve anunciar nesta sexta-feira decisão sobre se divulga nomes de políticos envolvidos em esquema de desvio na Petrobras. 

A rotina do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Albino Zavascki anda especialmente agitada. Às vésperas da decisão sobre se mantém ou não o sigilo da chamada "lista de Janot", esperada para esta sexta-feira, falta tempo ao magistrado e sobram-lhe preocupações.

Nesta semana, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao STF 28 pedidos de abertura de inquérito contra 54 pessoas, com ou sem mandato parlamentar, citadas como beneficiárias do esquema de desvio de recursos na Petrobras. Há ainda sete pedidos de arquivamento. Os pedidos de inquérito foram levados em cinco caixas ao gabinete de Zavascki, relator das apurações da Operação Lava Jato (que investiga a corrupção na estatal) no STF, a quem caberá determinar se derruba o segredo de Justiça, conforme solicitação de Janot, e autoriza a abertura dos inquéritos.

Pessoas próximas ao ministro ouvidas pela BBC Brasil afirmam que ele deverá optar pelo fim do sigilo de todos os inquéritos. Somente após essa determinação é que os nomes dos políticos investigados poderão ser divulgados. Mas, discreto, nem aos próprios filhos Zavascki comentou sobre qual será seu veredicto. Avesso aos holofotes, ele não costuma antecipar suas decisões.

Na noite de quarta-feira (4), acompanhado de seu caçula, o advogado Francisco, que o visitava de Porto Alegre, Zavascki abdicou de jantar fora e acabou pedindo comida pelo telefone. Comeram lasanha em casa, um apartamento funcional em Brasília, cidade onde mora há 12 anos, desde que passou a atuar como ministro do Supremo Tribunal de Justiça (STJ). A opção pela intimidade do lar tem sido cada vez mais recorrente no dia a dia do magistrado, que nasceu na pequena Faxinal dos Guedes, no oeste de Santa Catarina, e fez carreira pública no Estado vizinho, Rio Grande do Sul.

"Desde que meu pai se tornou ministro do STF, a carga de trabalho aumentou e cresceu também a preocupação com a segurança. Por essa razão, ele vem cada vez mais restringindo suas saídas", conta à BBC Francisco Zavascki.

"Nunca passamos por nenhum constrangimento público juntos, mas toda vez que meu pai toma uma decisão polêmica, vez ou outra, sou alvo de xingamentos em minha página no Facebook", acrescenta ele.

Desde que assumiu a vaga do ex-ministro do STF Cezar Peluso, que foi aposentado compulsoriamente ao completar 70 anos (Zavascki foi nomeado pela presidente Dilma Rousseff em dezembro de 2012), as idas a Porto Alegre também rarearam.

Teori (pronuncia-se Teorí) costumava viajar à capital gaúcha semanalmente, onde passava o fim de semana no apartamento que dividia com a segunda mulher, a juíza federal Maria Helena Marques de Castro Zavascki. Maria Helena morreu de câncer em julho de 2013. Atualmente, Zavascki vai a Porto Alegre menos de duas vezes por mês.

"Foi um período muito difícil para ele, porque a nomeação ocorreu quando a doença já estava em estágio avançado", conta Francisco.

Sem tempo, Zavascki tampouco assiste mais a séries de TV com frequência, um de seus passatempos. Uma de suas favoritas era a americana Two and a Half Men, mas diz não ter gostado da substituição de Charlie Sheen por Ashton Kutcher, quem considera sem tino para a comédia.

Atuação

Procurador-geral da República, Rodrigo Janot enviou ao STF pedidos de abertura de inquérito para investigar políticos suspeitos de envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras

Católico não praticante, descendente de poloneses e italianos, Zavascki, que sempre primou pela discrição, precisou a aprender a lidar, a duras penas, com a repercussão de suas decisões junto à opinião pública.

Foi nomeado ao cargo na mais alta corte do país em pleno julgamento da ação penal 470, mais conhecida como "mensalão", da qual não participou, mas deu voto favorável aos réus quando o plenário do STF discutiu os chamados "embargos infringentes", um recurso exclusivo da defesa interposto quando não há unanimidade na decisão colegiada.

A decisão de Zavascki, que optou por absolvê-los do crime de formação de quadrilha, acabou por reduzir a pena de alguns dos envolvidos, como o ex-ministro José Dirceu, que se livrou do regime fechado.

Ainda na esfera política, foi responsável pelo voto condutor que absolveu o ex-ministro Antonio Palocci de uma acusação por improbidade administrativa.

Então ministro do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), cargo que ocupou de 2003 a 2012 e para o qual foi escolhido pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, Zavascki optou por manter as decisões de primeira e segunda instâncias favoráveis ao réu, abrindo caminho para que Palocci, então coordenador da campanha vitoriosa de Dilma à presidência, se tornasse ministro-chefe da Casa Civil.

Elogiado por seus pares, que destacam seu perfil "técnico", Zavascki foi, antes de chegar ao STJ, desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, da Região Sul, sediado em Porto Alegre, do qual foi presidente entre 2001 e 2003.

"Zavascki é um ministro de reconhecida competência e independência. Sempre teve uma atuação muito segura e costuma ser sensível às manifestações tanto da acusação quanto da defesa. Muitas vezes é duro, mas sempre prezando pela imparcialidade, pressuposto indispensável à atividade jurisdicional", afirmou à BBC o renomado advogado Nabor Bulhões, um dos que desfrutam de melhor trânsito no STF.

Para Joaquim Falcão, professor de Direito da FGV-RJ, a atuação de Zavascki como ministro do STF ainda está "em construção".

"Há duas formas de se avaliar um ministro: pelo conteúdo de suas decisões e por seu comportamento. Zavascki sempre teve uma conduta exemplar. Não usa a imprensa, não fala para a imprensa, obedecendo ao código de ética e à lei de magistratura", opina.

"Nesse sentido, é um contraponto a outros ministros da casa, que preferem os holofotes. Em relação a suas decisões, tende a ser sempre cauteloso, legalista e convencional. Porém sua imagem como ministro do STF ainda está em construção. É justamente na margem interpretativa da Constituição que ele construirá esse perfil", acrescenta Falcão, em referência à decisão sobre a abertura dos inquéritos da Operação Lava Jato.

Futebol

Uma das paixões de Zavascki é o Grêmio

Doutor em Direito Processual Civil, Zavascki vem de uma família de sete irmãos. Estudou em um internato em Chapecó (SC) e formou-se em Direito em 1972, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, onde fez mestrado e doutorado. Também é professor da Universidade de Brasília.

Pai de três filhos ─ o infectologista Alexandre e os advogados Liliana e Francisco ─ e avô de cinco netos, Zavascki costuma despachar ao som de música clássica. Mas o gosto pelo trabalho só não é maior do que o pelo Grêmio, clube do qual é membro conselheiro.


"Hoje, raramente ele consegue ir ao estádio. Mas está sempre acompanhando o Grêmio e, claro, secando (torcendo contra) o Internacional", brinca Francisco

Fonte: G1

RECORD CUMPRIU SUA PROMESSA: XUXA ASSINOU CONTRATO COM A EMISSORA NA FRENTE DA IMPRENSA , SAIBA MAIS



Xuxa na Record (Foto: AgNews)


A Record cumpriu sua promessa: Xuxa assinou o contrato com a emissora na frente da imprensa. A eterna Rainha dos Baixinhos chegou na sede do canal pouco antes das 16h. O local estava um tumulto: fãs de todos os lugares e, lógico, muita gritaria e dezenas de seguranças. Eram exatamente 16h20 quando a loira entrou no Teatro Record. Pronto. Era mesmo verdade. A apresentadora cumprimentou a direção, pegou o microfone e disparou:

"Tudo o que eu falar será pouco. Sinto um misto de felicidade e ansiedade. O namoro durou quase dois anos com a Record. Sou teimosa, lutei, achei que não daria. E estou aqui. Agora sou RX! Só estou aqui por causa do Marcelo Silva (vice-presidente da emissora). É muito bom receber esse carinho. Fui muito feliz na Manchete e na Globo e tenho certeza que serei ainda mais feliz na Record, que me deu a oportunidade de fazer o que eu sempre sonhei, sem proibições. Poderei fazer o que eu quiser". 

https://br.celebridades.yahoo.com

SOBRE QUEBRA DO SIGILO INQUÉRITO DO LAVA JATO PELO MINISTRO TEORI ZAVASCKI COLUNISTA DO JORNAL 247 TEREZA CRUVINEL DIZ: "O TEMPO QUE VEM AI É DE VACA ESTRANHANDO BEZERRO"



O estrago político feito pela entrega da lista de mandatários que devem ser investigados pelo STF a partir do pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deve ser fichinha comparado ao que vai acontecer quando o ministro Teori Zavascki quebrar o sigilo dos inquéritos como está previsto; segundo a colunista do 247 Tereza Cruvinel, "o tempo que vem aí será de vaca estranhando bezerro, num processo que está apenas começando"; para ela, não se sustenta a teoria atribuída a Renan Calheiros (PMDB) e Eduardo Cunha (PMDB), de que teriam sido "empurrados" para a lista de Janot, para o Planalto dividir com o Congresso os danos da Lava Jato; "Renan e Cunha têm experiência suficiente para avaliar que Dilma e seu governo teriam que ser estúpidos demais para entrar num jogo de alto risco como este"; "Só vamos saber se haverá outro grande julgamento político, como o do mensalão, quando Janot optar por uma denúncia coletiva"; enquanto as denúncias não vêm, o Congresso aguarda Teori Zavascki

Fonte: Jornal 247 

Se antes da cortina do sigilo ser levanta a lista de Janot já produziu tamanho estrago político, imagine-se quando o ministro Teori Zavascki divulgar os nomes contra os quais o procurador-geral Rodrigo Janot pediu a abertura de inquéritos. Agora estão todos esperando Zavascki, que promete fazer isso hoje sexta-feira de Congresso vazio: pelo menos não haverá retaliações imediatas de terceiro grau, como a de Renan Calheiros na terça-feira.  Enquanto isso os bombeiros atuam, entre eles o ex-presidente Lula, tentando através de emissários convencer Renan e Eduardo Cunha que não houve a conspiração palaciana que os teria “empurrado" para dentro da lista. O fim do sigilo deve trazer alguma distensão política.

Mas ninguém se iluda: o tempo que vem aí será de vaca estranhando bezerro,  num processo que está apenas começando. Só vamos saber, por exemplo, se haverá outro grande julgamento político, como o do mensalão, lá na frente, quando Janot optar por uma denúncia coletiva como a de Roberto Gurgel, ou por várias denúncias individuais. Neste último caso os julgamentos se diluirão no tempo, reduzindo as repercussões políticas.

O levantamento do sigilo jogará luz sobre a fumaceira que está no ar desde terça-feira. Nem por isso, as coisas ficarão melhores mas já estaremos tratando com fatos, não com versões ou boatos. A lista oficial trará elementos que vão fortalecer ou enfraquecer a teoria conspiratória segundo a qual – na leitura de Cunha e Renan – o Planalto atuou para que fossem incluídos.  Uma suposição que, de resto, ofende o procurador-geral. A isso ele se refere muito sutilmente em sua carta aos colegas do Ministério Público, quando diz: “Não guardo o dom de prever o futuro, mas possuo experiência bastante para compreender como a parte disfuncional do sistema político comporta-se ao enfrentar uma atuação vigorosa do Ministério Público no combate à corrupção. Não acredito que esses dias de turbulência política fomentarão investidas que busquem diminuir o Ministério Público brasileiro, desnaturar o seu trabalho ou desqualificar os seus membros. Mas devemos estar unidos e fortes.” Cunha e Renan o desqualificam quando dizem que foram empurrados para dentro da lista pelo Planalto para dividirem com o Congresso os danos sofridos com a Operação Lava Jato.

Relativamente ao papel de Dilma (ou auxiliares) será estranho que, tendo poder para “empurrar” os notáveis peemedebistas, não o tenha usado para tirar da lista petistas como os ex-ministros Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo (se a inclusão deles também for confirmada).

Renan e Cunha têm experiência suficiente para avaliar que Dilma e seu governo teriam que ser estúpidos demais para entrar num jogo de alto risco como este. Um governo com alta necessidade de recompor sua base e garantir a governabilidade no meio de uma crise política e econômica estaria brincando na beira do abismo com tal jogada. Na política há espaço para enganos e autoenganos de todo tamanho mas a lógica não endossa a teoria conspiratória. Ainda que tivesse havido tal espúria negociação, Janot só poderia poupar nomes – como fez com Dilma e Aécio –  não “empurrar” pessoas contra as quais não houvesse indícios.

Suposição por suposição, pode-se dizer, com base na experiência dos anos recentes, que Renan nunca segurou a alça do caixão de ninguém. Sempre pulou do barco antes que a água subisse. Afastou-se de Collor em tempo, deixou de ser ministro de FH quando a impopularidade apontou para a mudança de 2002. Contou com o apoio de Lula e do PT quando enfrentou o chamado “Renangate”, em que foi acusado de ter despesas de pensão alimentícia pagas por uma empreiteira. Agora, estaria preparando um desembarque que o preservaria para novas alianças – já virou herói do PSDB – e ainda o colocaria no papel de vítima, deslocando-o do círculo das maldições em torno do PT e do governo Dilma.

O que vem pela frente?

No melhor cenário, PT e PMDB firmam um pacto de convivência e defesa mútua e a vida segue, mas com muita turbulência, pois o moinho da CPI vai produzir fatos que vão engrossar os inquéritos agora abertos.

No pior, a situação política desanda para valer e contamina também a economia, com a inviabilização do ajuste fiscal. E o país pagará caro, muito caro, pelos erros de sua elite política.

O SENADOR LINDERBERG FARIAS (PT-RJ) DIZ: SÓ RECEBI DOAÇÕES LEGAIS


O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) garantiu nesta quinta-feira, 5, em entrevista com a imprensa que todas as doações que recebeu em sua campanha eleitoral para o governo do Rio de Janeiro obedeceram à legislação eleitoral; "Todas as doações que recebi para a campanha ao governo do Rio foram legais e não podem ser criminalizadas", afirmou; mesmo com a informação divulgada de que está entre os 28 inquéritos cuja abertura foi solicitada pelo procurador geral da República, Rodrigo Janot, ao STF, Lindbergh diz que tem "muita esperança de não estar na lista"; "Até porque se estivesse seria uma grande injustiça", afirmou; em delação premiada, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa disse que atuou como arrecadador de recursos para a campanha de Lindbergh junto a empreiteiras que prestavam serviços para a Petrobras

Fonte: Jornal 247

Em entrevista exclusiva ao 247, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) garantiu nesta quinta-feira, 5, que todas as doações que recebeu em sua campanha eleitoral para o governo do Rio de Janeiro obedeceram à legislação eleitoral.

"Todas as doações que recebi para a campanha ao governo do Rio foram legais e não podem ser criminalizadas", afirmou Lindberg, que ficou em quatro lugar na eleição que reelegeu o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB).

O nome do senador carioca está entre os 28 inquéritos cuja abertura foi solicitada pelo procurador geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF) nessa terça-feira, 3. Lindbergh foi mencionado pelo ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, durante depoimento de delação premiada ao Ministério Público Federal.

Costa teria dito que trabalhou para Lindbergh durante a campanha para o governo do Rio de janeiro no ano passado, atuando como arrecadador de recursos para a campanha junto a empreiteiras que prestavam serviços para a Petrobras.

O depoimento do ex-diretor da estatal parece não causar medo ao senador, que classificou a eventual abertura de inquérito contra ele como "injustiça". "Não fui notificado e tenho muita esperança de não estar nesta lista. Até porque se estivesse seria uma grande injustiça", afirmou o senador petista.

quinta-feira, 5 de março de 2015

COM A PALAVRA O PREFEITO ALAIR CORRÊA: "HOJE ESTIVE NA FESTA DE ANIVERSÁRIO DO VICE-PREFEITO SILAS BENTO E PUDE OBSERVA QUE A MAIOR VIRTUDE DELE FOI TER TRANSFORMADO SUA FAMÍLIA EM ROCHA , EM UMA BANDEIRA!"



- Hoje estive na festa de comemoração do aniversario do Vice prefeito Silas Bento,como não poderia ser diferente estava presente toda a sua família com destaque para os filhos, a esposa Ilana e o pai Pastor WANDERLEI BENTO .Presenciei uma festa muito bonita e as sinceras homenagens recebidas pelo nosso vice-prefeito Silas Bento. 

- Na oportunidade reparei em tudo e vi que maior virtude do Silas foi ter conseguido com todos problemas comuns nas famílias ter transformado-a numa Rocha, em uma bandeira. Mais difícil ainda por tratar-se de uma família construída por um homem público como é o seu caso, mas ele conseguiu estrutura-la e transforma-la no seu próprio porto seguro, e a fez muito bonita ! 

- No seu discurso o Silas conseguiu mexer com todos os presente quando lembrou quanto foi difícil ter chegado a onde foi possível chegar, sendo pior ainda estar enfrentando a incompreensão inclusive de pessoas amigas. 

- Foi nesse momento que me emocionei, pois é exatamente o que enfrento, a incompreensão de certas pessoas que não entende ou finge não entender o que é governar uma cidade com seus recursos bem abaixo do que ela sempre teve por causa da queda do petróleo. Mas vamos dar a volta por cima e não vai demorar. 

- Parabéns Silas pelo aniversario! 

SECRETÁRIA DA MELHOR IDADE PROMOVE SEGUNDA EDIÇÃO DA "JORNADA DA BELEZA"



Promovido em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, evento dará dicas de saúde e beleza para as assistidas pela SEMEI
  
A Prefeitura de Cabo Frio promove, nesta segunda-feira (9/3), a segunda edição da  "Jornada da Beleza", em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Organizado pela Secretaria Municipal da Melhor Idade (SEMEI), o evento será realizado das 14h às 16h, na sede do Centro Especializado da Melhor Idade (CEMI).

Durante o evento, serão dadas várias dicas importantes de saúde e beleza para manter a autoestima elevada de cada idosa assistida pela secretaria, além de sorteios de brindes e muita animação.  

A equipe de cabeleireiras, manicures, designers de sobrancelha, maquiadora e esteticista da Secretaria da Melhor Idade vão ensinar sobre penteados, cortes de cabelos, unhas e pele, inclusive com a presença de uma nutricionista, dando dicas de alimentação saudável.

Na primeira edição da "Jornada da Beleza" , que aconteceu no ano passado, cerca de 50 idosas marcaram presença no evento. A secretária municipal da Melhor Idade, Cristiane Fernandes garante que sempre pode contar com a presença dos idosos em todos os eventos organizados pela SEMEI.

- Em todos os eventos, somos contagiados com a empolgação dos idosos. Batalhamos por um envelhecimento saudável de nossa população. O objetivo da secretaria é a busca constante pela qualidade de vida dos idosos da cidade – afirma Cristiane.

Mas não é apenas em datas comemorativas que a Secretaria da Melhor Idade de Cabo Frio promove atividades para os idosos. De segunda a sexta, das 8 às 17 horas, a SEMEI oferece várias atividades gratuitas. Para participar basta que idoso seja morador de Cabo Frio, tenha idade a partir de 60 anos e cadastre-se no CEMI, que fica na Avenida Teixeira e Souza, nº 2228, no bairro São Cristóvão.

Texto: Marianne Rodrigues. 
Foto: montecastelo.sc.gov.br

ENTREVISTA: ANTÔNIO MARCOS DURÃES, DIRETOR DO PAM DE SÃO CRISTÓVÃO


Entrevista: Antônio Marcos Durães, diretor do PAM de São Cristóvão
"A partir de empenho de política de investimentos e confiança do desenvolvimento em um projeto de trabalho, o prefeito Alair Corrêa tem mostrado que é possível ampliar ainda mais os serviços de saúde oferecidos à população".

Antônio Marcos Durães está na direção administrativa do Posto de Atendimento Médico (PAM) de São Cristóvão desde o início do governo do prefeito Alair Corrêa. Funcionário público há 15 anos, conhece bem a área da saúde. Antes do desafio de ocupar o cargo, já passou pelo Posto de Urgência (P.U.), Hospital São José Operário, Laboratório Municipal de Análises Clínicas e Centro Municipal de Fisioterapia. No PAM, assumiu o compromisso de acabar com as filas de espera para a marcação de consultas, e como gestor do principal ambulatório do município, tem mostrado na prática, que é possível, sobretudo, melhorar a qualidade no atendimento médico ambulatorial.

SECOM – Qual o balanço das ações realizadas em 2014?
Antônio Marcos Durães – Através do sistema de marcação de consultas, CONEX-ALL, desenvolvido pelo engenheiro de sistema, Júlio Amaral, desde janeiro de 2014, implementamos uma nova fórmula de marcação de consultas no principal ambulatório da cidade de Cabo Frio, o PAM de São Cristóvão, com marcação de consultas semanais – com uma semana de antecedência –; consultas agendadas eletronicamente no centro de marcação de consultas do Braga, e, desde setembro de 2014, em cinco polos de marcação de consultas instalados nas Unidades Básicas de Saúde e ESFs- Estratégia de Saúde e Família.

SECOM – O que mudou no serviço prestado à população?
Antônio Marcos Durães – Mudou tudo. As pessoas não precisam enfrentar filas para agendar uma consulta para daqui a um mês, dois meses, como acontecia no passado. As consultas são agendadas de uma semana para a outra, e em algumas especialidades, chegam a sobrar vagas. A partir de empenho de política de investimentos e confiança do desenvolvimento em um projeto de trabalho, o prefeito Alair Corrêa tem mostrado que é possível ampliar ainda mais os serviços oferecidos à população. Se fizermos um comparativo com o governo anterior, vamos verificar que o número de médicos que atendem no PAM aumentou de 42 para 100. Com este número de profissionais, aumentamos o volume de marcação de consultas de 880 para 2.554 por semana, o que representa um aumento de 190%. Isso tudo, é bom registrar, apenas no PAM de São Cristóvão.

SECOM – São números bastante significativos. Pelo visto, aumentou também o número de prontuários?
Antônio Marcos Durães – Aumentou muito. Só para você ter uma ideia, enquanto em oito anos, no governo anterior foram gerados 74.503 prontuários, nos últimos dois anos, já fizemos 70.439. Neste total estão incluídos os prontuários confeccionados na Central do Braga, no PAM de Unamar, no Hospital do Jardim Esperança, nos ESFs e no PAM de Santo Antônio.

SECOM – Quais são os objetivos deste trabalho?
Antônio Marcos Durães – Alcançada a meta de metade do projeto desenvolvido, daremos início a uma nova fase, que consiste na ampliação da universalização dos locais de marcação de consultas através de outros polos com postos de marcação, tornando o acesso mais simples e acessível a todos os usuários, maior proximidade com as residências dos usuários para evitar deslocamento ao centro de marcação do Braga e otimização e fortalecimento dos postos de saúde dos bairros, como foco na atenção básica de saúde.

SECOM – Alguma novidade no serviço a ser implantada em breve?
Antônio Marcos Durães – Com a atenção básica fortalecida, vamos transferir as triagens de consultas de clínica-médica para os postos de saúde dos bairros, e ainda, vamos reforçar os serviços já existentes nesses locais, tendo sempre um profissional médico em cada dia nas unidades. Pretendemos também conquistar a fidelização do usuário ao posto de saúde do seu bairro, ou proximidade, para que o PAM possa se tornar um centro de especialidades médicas.

SECOM – Quais as perspectivas para o funcionamento do PAM em 2015?
Antônio Marcos Durães – Queremos melhorar ainda mais o atendimento para a população com novo local para a espera das consultas na frente-entrada da unidade, com climatização de ambiente e espera com chamada eletrônica, através de monitores de TV; plena utilização dos monitores de TV com veiculação de propagandas institucionais do governo municipal, campanhas de saúde pública, acabando assim, com a circulação dos usuários no corredor e  portas dos consultórios, dando mais privacidade e tranquilidade tanto ao médico como ao paciente; informatização dos consultórios médicos e dos prontuários dos pacientes, gerando agilidade e qualidade no atendimento, além de reestruturação do formato físico do atual prontuário unificado, cartão municipal que garante acesso às principais consultas ambulatoriais, recadastrando os usuários e confeccionando novos prontuários, associado ao cartão nacional do SUS, colorido, com fotografia e em PVC, a exemplo do cartão dignidade.

Entrevista: Alexandra de Oliveira | Assessoria de Imprensa da Secretaria Municipal de Saúde.
Fotos: Til Santos.

VÍDEO - O SONHO DOS PROFISSIONAIS DA ÁREA DE SEGURANÇA PRIVADA DO BRASIL É REALIZADO, NASCE A (CONTRASP) CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRABALHADORES DE SEGURANÇA PRIVADA



Atendendo o clamor dos profissionais da área de segurança privada do Brasil, as sete federações existentes no Brasil, após uma profunda análise das necessidades e anseios da sua classe trabalhadora, se unem e fundam a (CONTRASP) Confederação Nacional dos Trabalhadores de Segurança do Privada. Conforme foi públicada na presente data (cito) 05 de março de 2015 no Diário Oficial. Segue abaixo histórico e lista nominal e as receptivas funções da Diretoria Executiva  da CONTRASP

Histórico da CONTRASP:

A CONTRASP nasceu através da UNIÃO das SETE Federações que representam os Sindicatos dos Vigilantes filiados a elas em todo território nacional; com uma proposta de discutir democraticamente todos os problemas que atingem a categoria. Pautada pela democracia temos princípios éticos e de respeito com os sindicatos de base, as federações e os trabalhadores da segurança privada.

Com sede em Brasília a Contrasp esta equipada com o melhor em tecnologia, e os melhores profissionais da área sindical. Tudo para dar funcionalidade e atender em um agradável ambiente, toda a categoria.

Com essa nova representação os vigilantes do Brasil terão uma entidade de grau superior com visão voltada para o futuro, valorizando os profissionais da segurança privada, sindicatos e federações, a frente das questões políticas, amplamente discutidas, buscando melhorias salariais em todo território nacional, a valorização profissional e o respeito a vida humana.

Nosso trabalho é servi-los, nossa função é avançar nas conquistas e negociações a União e renovação é o nosso lema. O nosso diferencial está no comprometimento com o coletivo, com a categoria.

Relação nominal e função da diretória executiva da  CONTRASP: 

Fernando Antonio Bandeira – Secretaria Geral e de Organização

Pedro Francisco Araujo – Secretaria de Administração e Finanças

Frank Romero do Nascimento – Secretaria de Política e Formação Sindical

Claudiomir da Silva Brum – Secretaria de Políticas e Publicas Sociais

Artur Lucio de Almeida Vasconcelos – Secretaria de Assuntos Jurídicos

Celso Adriano Gomes da Rocha – Secretaria de Imprensa e Divulgação

Matias José Ribeiro – Secretaria de Relações Internacionais

Edilson Silva Pereira – Secretaria de Relações do Intersindicais

João dos Passos da Silva – Secretaria de Assuntos Profissionais Setorizados

Regina Perpétua Cruz – Secretaria de Direitos Humanos

Sérgio Luiz da Silva – Secretaria de Assuntos Parlamentares e de Classe

José Carlos Antunes Ferreira – Suplente da Diretoria Executiva

Flávio Veleda Maciel – Suplente da Diretoria Executiva

Anderson Oliveira Figueiredo – Suplente da Diretoria Executiva

Pedro Dantas de Queiroz – Suplente da Diretoria Executiva

José de Sousa Lima – Suplente da Diretoria Executiva

Risoli de Jesus Ferreira de Lima – Suplente da Diretoria Executiva

Valnei Gomes da Silva – Suplente da Diretoria Executiva

Tomé da Conceição Costa – Membro do Conselho Fiscal Efetivo

Sebastião Dias de Freitas Neto – Membro do Conselho Fiscal Efetivo

Ronilsson Sales Correia – Membro do Conselho Fiscal Efetivo

Adilson José Anzileiro – Suplente do Conselho Fiscal

Orides Thimotheo da Costa – Suplente do Conselho Fiscal

Paulo Sérgio Gomes – Suplente do Conselho Fiscal


Vejam abaixo vídeo com a fala do senhor João Passo, presidente da CONTRESP informando sobre os motivos de fundação, ideologia e metodologia da instituição. 



CPI DA PETROBRÁS PEGA FOGO NA CÂMARA DOS DEPUTADOS E PRESIDENTE É CHAMADO DE 'MOLEQUE'



A primeira reunião da CPI da Petrobras na Câmara dos deputados começou fervendo nesta manhã e faltou pouco para que parlamentares trocassem tapas; clima esquentou porque o presidente do colegiado, deputado Hugo Motta (PMDB-PB), anunciou a criação de quatro sub-relatorias, que, na interpretação dos petistas, visam enfraquecer o PT, que tem a relatoria, na pessoa do deputado Luiz Sergio (PT-RJ); exaltado, o deputado Edmilson Rodrigues (PSOL-PA) levantou de sua cadeira e chamou Hugo Motta de "moleque"


Fonte: Jornal 247 


A primeira reunião da CPI da Petrobras na Câmara dos deputados começou fervendo nesta manhã e faltou pouco para que parlamentares trocassem tapas em meio aos trabalhos. Clima esquentou porque o presidente do colegiado, deputado Hugo Motta (PMDB-PB), anunciou a criação de quatro sub-relatorias, que, na interpretação dos petistas, visam enfraquecer o PT, que tem a relatoria, na pessoa do deputado Luiz Sergio (PT-RJ). Exaltado, o deputado Edmilson Rodrigues (PSOL-PA) levantou de sua cadeira e chamou Hugo Motta de "moleque".

Motta, que chegou à presidência da CPI por meio do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – que é desafeto do governo da presidente Dilma Rousseff – teve o seu comando questionado por representantes de diversos partidos, como PPS, PSOL e PSB, que reclamaram de não terem sido consultados sobre a escolha dos vice-presidentes da CPI e nem sobre a sobre a criação de sub-relatorias da CPI, o que pode reduzir o poder do cargo da relatoria ocupado pelo deputado Luiz Sérgio (PT-RJ).

Quando Motta foi indicar as sub-relatorias, os parlamentares contrários começaram a protestar. Em meio ao bate-boca Edmilson Rodrigues, chamou o peemedebista de "moleque". Irritado, Motta afirmou que "não admitirei desrespeito de vossas excelências. Quem manda aqui é o presidente, respeitando o regimento. Eu não aceito desrespeito. Vossa excelência me respeite.": "Eu não tenho medo de grito. Da terra de onde eu venho, homem não me grita", completou.

Após a confusão, Rodrigues pediu desculpas e afirmou que a decisão sobre a criação das criar sub-relatorias deveria ser tomada após a exposição do plano de trabalho do presidente e ser submetida a plenário.

"Eu disse 'não a moleque essa CPI', não lhe chamei de 'moleque'. Naquilo que eu achar que é um desrespeito, eu realmente usarei os recursos democráticos, e às vezes o recurso democrático é impedir que uma violência institucional se realize. Me desculpe", disse Rodrigues. 



Abaixo matéria da Agência Câmara. sobre o assunto.

Criação de sub-relatorias causa tumulto na CPI da Petrobras

A criação de quatro sub-relatorias para a CPI da Petrobras causou polêmica e discussão no plenário 2, com gritos e trocas de ofensas. O tumulto começou com o anúncio, pelo presidente da comissão, deputado Hugo Motta (PMDB-PB), da criação de quatro sub-relatorias, o que provocou grande discussão, com protestos do PT, PPS, Psol e PSB.

Apesar de o relator, deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), ainda não ter apresentado seu plano de trabalho aos membros da comissão, a decisão do presidente de criar quatro sub-relatorias provocou divergências.

A deputada Maria do Rosário (PT-RS) apresentou questão de ordem para que o relator apresente o seu plano de trabalho antes da indicação dos sub-relatores. Ela disse que sub-relatorias podem ser dispensáveis. "Sabemos que as sub-relatorias estão sendo criadas para dar representatividade partidária à CPI, mas o trabalho do relator não é partidário", disse.

O deputado Ivan Valente (Psol-SP) disse estranhar que o presidente indique sub-relatores. "Apesar de não existir previsão regimental para a criação de sub-relatorias, em outras CPIs isso sempre foi feito pelo relator e não pelo presidente."

O presidente da comissão e o deputado Edmilson Rodrigues (Psol-PA) trocaram ofensas na comissão. O Psol, o PT, o PPS e o PSB reclamaram do fato de não terem sido consultados a respeito dos nomes que ocuparão as quatro sub-relatorias criadas pelo presidente.

O deputado Afonso Florence (PT-BA) disse que a nomeação de quatro sub-relatores não está na pauta da reunião de hoje e quer o adiamento da decisão, com uma negociação entre os partidos representados na comissão para a indicação dos nomes.

Florence pediu ao presidente da CPI que seja feito um acordo entre os partidos, com base na proporcionalidade partidária, para a ocupação das anunciadas quatro sub-relatorias.

Além de criar as sub-relatorias, o deputado Hugo Motta confirmou que a comissão só vai investigar os fatos e o período que constam do ato de sua criação. Isso significa que a CPI vai se concentrar no período entre 2005 e 2015, conforme decisão anunciada pelo presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

As sub-relatorias são as de Superfaturamento e gestão temerária na construção de refinarias; Constituição de empresas com a finalidade de praticar atos ilícitos; Superfaturamento e gestão temerária na construção e afretamento de navios de transporte, navios-plataforma e navios-sonda; e Irregularidades na operação da companhia Sete Brasil e na venda de ativos da Petrobras na África.

CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE CABO FRIO REALIZARÁ SESSÃO ESPECIAL EM HOMENAGEM AO DIA INTERNACIONAL DA MULHER



Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, a Câmara Municipal de Cabo Frio, através de sessão solene, irá homenagear 34 mulheres. A sessão que será realizada na próxima terça-feira, dia 10 de março, às 10h. 

A sessão solene acontece todos os anos de acordo com o que determina o Projeto de Resolução Nº 003, de 29 de março de 2010, que institui a entrega do Diploma Joelma Pereira Fidalgo a mulheres que se destacaram em qualquer atividade no município. Ainda de acordo com a determinação, cada vereador poderá sugerir dois nomes.

Att, 

-- 
Mariana de Souza | Assessoria de Comunicação
CÂMARA MUNICIPAL DE CABO FRIO

VÍDEO - ENTREVISTA: WANDERSON DO SAMBURÁ FAZ CRÍTICAS CONTUNDENTES À GESTÃO DO EX-PREFEITO MARQUINHO MENDES





Texto, foto e vídeo: Álvaro Neves e Fátima Neves. 

Nesta postagem o Blog Alvaro Neves "O Eterno Aprendiz" traz para os amigos internautas a entrevista realizada com o superintendente do núcleo de idosos, Wanderson do Samburá. Na útima terça feira (03), em momentos que antecederam a entrega dos kits escolares e tablets pelo prefeito Alair Corrêa ao alunos do Centro Educacional Municipal Marli Capp do 2º Distrito de Tamoios.

Durante a entrevista o superintendente do núcleo de idosos de Tamoios  Wanderson fala sobre os seus projetos, sua alegria em trabalhar com os munícipes idosos de Tamoios e faz observações e críticas contundentes sobre a gestão municipal do ex-prefeito Drº Marcos da Rocha Mendes.

Vejam o vídeo: